A última fase do desligamento do sinal analógico de televisão decorreu na passada quinta-feira, dia 26 de abril. Agora, e tendo em conta o défice de progrmação infantil, o Partido Socialista entregou, segundo o Correio da Manhã de hoje, uma proposta na Assembleia da República que consistia na criação de um novo canal infantil.

Apesar disso, a maioria parlamentar apresentou-se contra a medida devido às dificuldades económicas que Portugal atravessa. O PSD já reagiu dizendo que: «Se disserem que há um défice de programação infantil, diriamos que sim. Agora criar um canal? Não nos parece.», disse Francisca Almeida. Esta opinião é partilhada por Raúl de Almeida, do CDS: «Que haja reforço de programação infantil estamos de acordo, mas a criação de um novo canal não parece sensato».

A oferta de mais programas infantis parece assim ser a única saída, em detrimento do novo canal pensado. O PS parece não desistir das suas convicções e reforça a ideia de que é importante aumentar a oferta TDT com a «inclusão de canais como a RTP Informação e a RTP Memória e a criação de um canal infanto-juvenil». Os socialistas recordam ainda a possibilidade de aumentar a oferta da Televisão Digital Terrestre até nove canais gratuitos, proposta esta avançada pela Anacom.

DEIXE O SEU GOSTO E PARTILHE:

Artigos Relacionados