SIC Televisão

Júlia Pinheiro acredita na liderança da SIC perante a TVI

Ela é considerada uma das grandes caras da SIC  e veio agora comentar, à Notícias TV, o despique de audiências entre Louco Amor e Dancin’ Days. Estas duas produções nacionais têm estado, nos últimos dias, em constante luta pelo primeiro lugar da tabela de audiências e isto tem levado mesmo a estação de Carnaxide a sonhar com a vitória, roubando assim o posto à estação de Queluz de Baixo.

Para Júlia Pinheiro, diretora de conteúdos do canal, a vitória da novela protagonizada por Joana Santos e Soraia Chaves, está para breve e lança mesmo duras críticas à ficção com marca TVI. «É uma questão de tempo» ataca a apresentadora de Querida Júlia e acredita que «Dancin’ Days poderá devorar a hegemonia das novelas da TVI». A confiança tem, por isso, reinado pelos lados de Carnaxide e a vontade de vencer é cada vez maior o que leva a um empenho acrescido por parte de toda a equipa. Ainda em declarações à referida publicação mostrou-se surpreendida pelos bons resultados terem chegado mais cedo do que o esperado: «Estávamos conscientes de que Dancin’ Days ia fazer bons resultados e liderar, mas não esperávamos que fosse tão cedo», admite.

Sobre as apostas do quarto canal, estação que defendeu durante quase uma década, diz já estarem gastas e monótonas e essas são qualidades que, de facto, o grande público acaba por levar mais a sério, pondo de parte essa ficção.

Não me fica bem falar dos produtos dos estimados concorrentes, só que todos já perceberam que as novelas estão com um problema. Parecem um pouco antigas. Falta-lhes frescura. O problema está na repetição das tramas. Uma nova história não pode ser copy paste de uma história antiga bem-sucedida.

Para a estação de Queluz de Baixo este não parece ser um problema, no entanto, não se alongam em declarações. Recorde-se que a novela da SIC estreou a 4 de junho deste ano com uma média de 1 milhão e 372 mil espetadores. Este resultado tem vindo a oscilar, apesar disso, nos últimos dias, tem mesmo alcançado o milhão e quinhentos mil espetadores. Será este o inicio do fim da liderança da TVI?

Outras Notícias