Novelas Televisão

Novela «Cabocla» está de regresso a Portugal

Após 15 anos desde a sua emissão original em Portugal, a novela Cabocla está de regresso ao nosso país pela mão do canal Globo.


O município rural de Vila da Mata é o palco da disputa por terras entre dois coronéis – Boanerges e Justino – e do amor entre a cabocla Zuca e o jovem advogado Luís Jerônimo. Ambientada no ano de 1918, a trama é embalada por músicas sertanejas que ajudam a recriar o ambiente rural brasileiro do início do século XX. A novela Cabocla regressa assim a Portugal no próximo dia 08 de fevereiro, a partir das 12h50 no canal Globo.

A rivalidade entre os coronéis Justino e Boanerges é sobejamente conhecida em Vila da Mata. Boanerges é casado com Emerenciana e pai de Belinha. O coronel Justino é viúvo e muito conservador, o que gera conflitos com os filhos Neco e Mariquinha, pois o filho defende que os direitos trabalhistas deveriam ser estendidos aos trabalhadores rurais. Sem imaginar de quem são filhos, Neco e Belinha apaixonam-se um pelo outro e terão de enfrentar vários obstáculos para conseguirem viver o seu romance. A chegada do bon vivant Luís Jerônimo a Vila da Mata vai mexer com o coração da tímida Zuca, noiva de Tobias.

Descrita pela sua própria mãe, Bina, como um bicho do mato, Zuca, é o retrato da sensualidade inocente. Luís Jerônimo, por sua vez, é o típico doidivanas. Filho de pai rico – Joaquim, exportador de açúcar no Rio de Janeiro –, Luís deitou fora o seu diploma de advogado e caiu na vida das noites cariocas. A viver de forma inconsequente e sempre dividido entre muitas mulheres, Luís Jerônimo recebe do doutor Edmundo a notícia de que está com tuberculose e embarca para Vila da Mata para curar-se e ficar longe das tentações cariocas. Hospeda-se no hotel de Zé da Estação para esperar o primo, o coronel Boanerges, que vai levá-lo para a sua fazenda em Vila da Mata. Basta uma noite no hotel para Luís ficar encantado por Zuca, que é filha de Zé da Estação, e mudar radicalmente o seu comportamento. Oriundos de mundos completamente distintos, ambos vão encontrar-se no sentimento que os une.

Recorde-se que, aquando da sua transmissão original na SIC, entre 2004 e 2005, o último episódio de Cabocla registou 14,6% de rating e 49,3% de share, segundo a Marktest, números bastantes impressionantes para uma novela emitida no acesso ao late-night, após as 23h30.


Outras Notícias