O tema de que vou falar esta semana tem a ver com as ofertas televisivas dedicadas sobretudo aos mais novos mas que acabam por contagiar também muitos adultos.

Com a estreia na semana passada de uma novela infantil no SBT, lembrei-me das apostas das estações nacionais em ficção dedicada aos mais novos, tais como os Morangos com Açúcar, Floribella, Doce Fugitiva, Chiquititas ou Rebelde Way.

Em tempos era a ficção mais leve que predominava nos nossos ecrãs, sendo o público-alvo destas produções os mais novos. Com o licenciamento de produtos das marcas muitos foram os sucessos alcançados, mas agora, anos depois, a aposta neste tipo de público desapareceu.

No Brasil Carrossel está a ser um tremendo sucesso e a elevar os valores audiométricos para números há muito tempo não vistos. Graças ao sucesso estrondoso da novela, o SBT tornou-se vice-líder e conseguiu retirar o lugar à Record.

 A novela Carrossel está a ser um sucesso e para além do licenciamento de produtos o SBT já pensa numa nova temporada

Por cá, com o final anunciado de Morangos com Açúcar, esta faixa etária deixará de ter um produto dirigido a si, embora ainda seja uma incógnita o que vá ser Lua de Papel.

Talvez num outro horário, de uma nova forma e usando outro formato que não a de novela, as estações pensassem em continuar a apostar neste público que é tão valioso na hora de ditar o sucesso ou fracasso de uma produção.

Não digo para regressarem às origens, mas antes dar o salto e seguir em frente. Olhar para os erros cometidos e tentar fazer diferente e melhor. O público agradece e isso, certamente, se reflectirá em audiências.

DEIXE O SEU GOSTO E PARTILHE:

Artigos Relacionados