Entrevista – Ivo Soares: «Não consigo evitar não ser músico, ou não cantar»

Lançando recentemente o seu novo single Diamante, Ivo Soares esteve à conversa com o Quinto Canal para dar a conhecer melhor este seu novo trabalhar, a par de revelar alguns planos para o futuro, mas não só.

Acompanhe de seguida mais uma entrevista exclusiva!


 

 

Em poucas palavras, como se define o Ivo Soares?

É sempre difícil para mim definir-me a mim próprio, como sou Gémeos tenho vários lados da minha personalidade, mas considero-me honesto, trabalhador e apaixonado pela música.

Lançou recentemente Diamante. Como tem sido a receção do público a este single?

Tem sido positiva! Nunca é fácil começar uma carreira na música, para qualquer pessoa, é algo que dá muito trabalho e que pode ser stressante, mas no geral, tem sido muito positiva. Estou apenas orgulhoso de mim próprio do que percurso que fiz, é tudo o que posso fazer e sentir por mim mesmo.

Quais foram as principais inspirações para este single?

Foi uma história real, foi uma música que eu escrevi no começo de uma relação que depois tornou-se longa, tem a ver com um amor que é escondido dos outros, e que eu quero manter para mim mesmo e não ter outras pessoas a intrometer, e fala um pouco da minha esperança de encontrar alguém especial.

Como surgiu o gosto pela música na sua vida?

Não me lembro do momento em que começou sinceramente, como os meus pais também são artistas eu estou em concertos de Jazz e performances artísticas desde quase o meu nascimento, espiritualmente, é a missão que eu vim cumprir nesta vida de acordo com as minhas crenças, é simplesmente quem eu sou e não consigo evitar não ser músico, ou não cantar.

 

Ser cantor sempre fez parte dos planos para um futuro profissional?

Sempre fez parte sim, já fiz outros trabalhos e faço muitas outras coisas relacionadas também com a música, como dar aulas, ou a produção. Mas cantar é sempre a minha paixão principal.

Já participou em diversos programas de televisão, entre os quais o Factor X e o Portugal Tem Talento (Atual Got Talent Portugal). Que memórias guarda dessas participações?

Guardo memórias muito bipolares dessa experiência, foi muito gratificante pela exposição que tive ao público, e pelo glamour todo que isso engloba mas ao mesmo tempo, são muitas horas de espera, de grande pressão emocional e ansiedade. Só o facto de estar a ser julgado, já aumenta imenso a ansiedade de estar em palco, não é fácil, e eu respeito toda a gente que tem coragem de ir a esses programas.

Acredita que esses formatos de talento continuam a ser uma montra para dar a conhecer a nova geração de música, e não só?

Penso que já não são tão populares talvez como nos anos 2000 quando começou, é mais difícil haver uma carreira duradoura que venha de concorrentes desses programas, mas é possível, tudo depende das circunstâncias e de muitos outros fatores. Apenas uma pouca percentagem tem a ver com o talento, o resto tem a ver com o carisma, a personalidade, a aparência, os contatos, quem o artista conhece, e como tudo, dinheiro.

O que podem esperar os fãs do Ivo Soares para os próximos tempos?

Os meus fãs podem esperar mais músicas lançadas este ano, com teor bastante pessoal, e espero também ganhar novos fãs!


 

Tem disponíveis diversas covers na sua página do Youtube. Qual foi a mais especial que gravou até hoje?

Tenho a dizer que a mais especial é o meu tributo à Whitney Houston, que na minha opinião é a melhor voz feminina deste mundo. A maioria das pessoas talvez conhece o I Will Always Love You e pouco mais, mas para quem vai explorar todos os álbuns e todo o percurso, percebe como a Whitney é uma das maiores influências de sempre na música de hoje em dia, especialmente para as minorias, foi uma figura bastante importante. As músicas que eu escolhi para o tributo fazem todas parte de alturas da minha vida, por isso foi um cover bastante pessoal. Especialmente a música Try It On My Own que fala sobre a coragem de tentarmos por nós próprios, e independência, ainda oiço essa música quando preciso de força.

Da música para a televisão, costuma acompanhar algum formato televisivo em especial?

Sinceramente, não vejo televisão de todo praticamente, sou viciado em Youtube por isso vejo tudo o que quero nesse site. Mas gosto de vez em quando de ver os programas da TLC, especialmente o 90 Day Fiance.

Acredita que devia ser dado um maior destaque ao mundo da música em televisão?

Claro que sim, não poderia concordar mais com isso, se houvesse mais bons artistas e boa música na televisão, eu pessoalmente iria assistir mais vezes.


André Kanas

http://www.facebook.com/andrekanas

Diretor e Gestor de conteúdos e redes sociais do QC | Responsável pelas coberturas musicais e televisivas do QC | Integrou o QC em 2013, estando integrado no mundos dos blogues e sites de entretenimento desde 2007.

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado.