Uncategorized

Júlia Pinheiro: «Tínhamos muita confiança que o “Factor X” iria obter bons resultados»

julia-pinheiro-7a3c

Muitos não estavam à espera, outros tantos já imaginavam os resultados. A vitória de Factor X sobre a versão portuguesa da Casa dos Segredos tem despertado elogios à programação de Carnaxide, não só por parte dos responsáveis da mesma, como igualmente de críticos de televisão. Felisbela Lopes, pró reitora da Universidade do Minho, escreve o seguinte na Correio TV desta sexta feira:

«Sem ter chegado à fase das galas, Factor X vem acumulando uma assinalável popularidade. Não contando ainda com Bárbara Guimarães e com um João Manzarra muito discreto, o programa vive do talento dos concorrentes (que, por vezes, nos deixam boquiabertos) e das inesperadas reações do júri (no domingo Sónia Tavares entrou em discordância musculada com Paulo Ventura, obrigando o júri a rever a exclusão de um jovem músico vindo de Braga). E aí está como um programa sem grandes rasgos de inovação, mas vivendo da criatividade de quem o faz, prova que as audiências televisivas não se conseguem só com telelixo.»

Esta opinião apenas vem reforçar o comentário de Júlia Pinheiro sobre o formato conduzido por Bárbara Guimarães e João Manzarra: «Tínhamos muita confiança que o formato era bom e a certeza que iríamos obter bons resultados. [Este programa tem] o factor novidade, o público tem apetência para ver coisas novas – há três anos a esta parte [com excepção do Ídolos] que a SIC tem sempre propostas novas. É uma dinâmica de diversidade e oferta. Conjugado com os resultados do prime time em ficção. Há um novo olhar sobre a SIC e a TVI está a oferecer mais do mesmo.»

A apresentadora confessou que respeita o reality show da estação de Queluz de Baixo (pelo qual já deu a cara no passado), mas defende que a aposta da SIC é mais forte.

1 Comentario
  1. madalena 8 anos atrás
    Responder

    esta julia pinheiro, é mesmo do pior que há, uma mulher sem nivel nenhum, só está bem a dizer mal da TVI
    adora ver esta palerma, na fila do centro de desemprego, sem nada para ela, é uma mulher muito mal educada
    só ela é que sabe, só ela é especial, mas os programas dela na Sic, são uma trampa
    sinceramente, não entendo tanto deslumbramento com esta mulher, convencida ao máximo
    afinal na TVI, foi tratada como rainha
    agora paga desta maneira, só ela e as amigas delas é que são boas profissionais
    seria bom ir para casa, fazer um grande exame de consciencia
    um dia a sorte vai embora e aí ir´ver como é bom para a tosse
    gostaria mesmo de a ver sem trabalho
    mulher convencida, ainda se fosse alguma coisa de jeito
    só sabe gritar, gritar
    rua com esta málingua

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não vai ser publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.