Televisão TVI

Pedro Lima: «O nosso objetivo naquele horário era ultrapassar “Sol de Inverno”»

«Quem matou o Fernando?», é esta a pergunta que a maior parte dos telespetadores de O Beijo do Escorpião tem colocado nos últimos tempos. Terá sido a amante, o filho, a empregada ou a mulher? Entre outras tantas hipóteses a verdade é que a entrada de José Eduardo Moniz na ficção da estação de Queluz de Baixo levou a que esta telenovela conseguisse surpreender nas audiências. Pedro Lima, um dos atores da trama, afirmou que este foi um feito apenas possível graças às alterações realizadas na história. «Os detalhes são os que vão determinar a diferença e a escolha do telespetador. A escolha do José Eduardo Moniz veio introduzir esse fator diferencial. E, pela primeira vez na história da ficção, uma novela que está a perder durante três ou quatro meses consegue ultrapassar a vencedora. Isto graças a alterações cirúrgicas.»

Para além disso o Fernando de O Beijo do Escorpião aproveitou igualmente para afirmar que um dos seus objetivos enquanto profissional é que os seus projetos liderem nas audiências. «Acho que sou muito competitivo em todas as atividades. E a nossa ambição ao estrear O Beijo do Escorpião naquele horário era ultrapassar o nosso principal concorrente, Sol de Inverno», concluiu ao Correio da Manhã.

A história do canal da Media Capital tem sido de tal forma falada que até em Londres alguns telespetadores tiveram oportunidade de falar com Pedro Lima e, principalmente, de perguntar: «Quem matou o Fernando?».

Outras Notícias