Foi uma das grandes novidades da reentré da estação de Queluz de Baixo mas os resultados estão longe de corresponder às expetativas. Apesar de ter estreado com pompa e circunstância, Jardins Proibidos tem perdido constantemente não só para Mal Salgado como igualmente para a ficção brasileira transmitida pelo terceiro canal. 

De acordo com a Notícias TV desta semana, o fracos resultados da sequela da autoria de Manuel Arouca já fizeram despertar os alarmes pela TVI, facto que perturbou José Eduardo Moniz. «Apesar de a ideia de Jardins Proibidos ter sido dele, ele começou a ficar desagradado a partir do décimo episódio», confessou uma fonte próxima do antigo diretor de programas do canal da Media Capital.

Um dos aspectos que tem dado polémica nesta novela tem sido a qualidade do texto. Ao que parece, muitos dos atores estão a «reescrever partes das suas cenas». Estes e outros pontos têm sido considerados por Moniz que, nos últimos tempos, se tem mantido muito próximo de Manuel Arouca.

As alterações em Jardins Proíbidos devem acontecer a partir do episódio 50, momento a partir do qual a personagem de Vera Kolodzig sai de cena. «Metade dos núcleos deve acabar», adiantou a mesma fonte.

Diogo Santos

Licenciado em Ciências da Comunicação e mestre em Marketing e Publicidade. Tenho uma grave obsessão por audiências desde os meus 14 anos. Espanta-se quem me ouve dizer que praticamente não vejo televisão. No entanto, basta fazerem-me uma pergunta sobre esta categoria, e a resposta surge em segundos. Querem testar? ;)

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado.