Entrevistas SIC Televisão

Entrevista – Marta Carvalho (Factor X) [com vídeo]

Surpreendeu tudo e todos desde a primeira audição, e por isso mesmo conquistou um lugar em todas as fases do programa, chegando às galas ao vivo. Contudo, uma escolha arrojada e fora do seu registou não convenceu o público, e acabou por ser eliminada da competição.

É estudante de música, e já teve oportunidade de atuar na prestigiada Casa da Música e Rivoli, no Porto. Marta Carvalho foi a primeira concorrente expulsa da categoria das Raparigas no Factor X, e o Quinto Canal dá-lhe agora a conhecer melhor esta participante, numa entrevista exclusiva.


O Miguel foi um mentor muito acessível e ajudou-me principalmente na auto-confiança.

Para quem não acompanha o Factor X, quem é a Marta Carvalho?

Sou a Marta Carvalho e tenho atualmente 16 anos. Resido em Vila Nova de Gaia. Sou estudante de Música na Academia de Música de Costa Cabral, no Porto, onde integro no curso profissional de música a nível de instrumento, canto e orquestra.

Mantive-me  sempre fiel a mim mesma e ao meu gosto pela Arte, e tive várias participações em festivais e concursos, incluindo este ano, que fui concorrente do Factor X. Estou a lutar por uma carreira a solo. O meu objetivo é fazer chegar às pessoas o que de melhor a música pode trazer e expressar, pretendendo, assim, fazer desta paixão que é a música, a minha vida.

Qual é o estilo musical que melhor te define?

O estilo musical que melhor me define é o Soul.

Já tinhas tido oportunidade de atuar em palco? Onde?

Canto em palco desde os meus 7 anos. Até aos dias de hoje, integrei em espectáculos e concertos cantando a solo e em coral para todo o tipo de plateias, como por exemplo, na prestigiosa Casa da Música, Rivoli no Porto, Coliseu do Porto, Auditórios Municipais, e claro, no palco do Factor X, entre outros.

Sendo tu estudante de música, foi difícil conciliar os estudos com os ensaios do programa?

Com força de vontade e organização tudo se consegue. Dei o meu melhor por conciliar ambas as actividades, e talvez por serem da mesma área não foi assim tão difícil.

Como foi trabalhar com o mentor Miguel Guedes?

O Miguel foi um mentor muito acessível e ajudou-me principalmente na auto-confiança, quando propôs à categoria das raparigas o salto de para-quedas. Nos ensaios mostrou ambição, a par de um sentido de responsabilidade notável.

Atuação na primeira gala ao vivo do «Factor X»
Atuação na primeira gala ao vivo do «Factor X»

A categoria das Raparigas é melhor em termos de consistência e coesão.

Foste a primeira rapariga a ser eliminada na tua categoria. Esperavas esta decisão?

A categoria das Raparigas é para mim, uma das melhores, se não a mais coesa do programa, pelo facto de sermos todas muito boas, cada uma no seu registo. Eu estive fora do meu registo, soube desde aí que o desafio ia ser maior. Dei o meu melhor na música que foi escolhida, mas naturalmente, não correspondi às expectativas deixadas na última fase do Bootcamp. No entanto, não desanimei de forma nenhuma. Saí orgulhosa do meu percurso. Tudo me deu motivação para continuar, e tenho um grande projeto idealizado para o futuro que já está a ser trabalhado.

Qual é para ti a categoria mais forte?

A categoria dos Adultos tem, na minha opinião, a melhor voz do programa, mas a categoria das Raparigas é melhor em termos de consistência e coesão.

Já tens algum concorrente favorito à vitória? Quem é?

Ainda é muito cedo para prever quem chegará ao pódio. Muito pode mudar até ao final do ano. No entanto, a Kika (categoria dos Adultos) é uma das minhas vozes preferidas e revela um grande potencial.

Olhando para a tua participação desde as audições até às galas ao vivo, qual foi a fase mais marcante?

A fase mais marcante foi a primeira gala ao vivo, pelo misto de emoções e por ser tão intensa. Não há nada como atuar em direto. A adrenalina dispara. Mas é incrível.

Pretendes prosseguir o teu futuro no mundo da música?

Estou a estudar para viver da música. Tenho neste momento um projetto em mãos e estou positiva e confiante com o que o futuro trará. Mais cedo ou mais tarde irei conseguir o que por tanto lutei.

Marta Factor X

Costumas ver televisão? Quais são os teus programas favoritos?

Não costumo ver muita televisão, mas quando vejo, assisto, principalmente,  a documentários e a séries televisivas.

Quais são os teus artistas favoritos?

Alicia Keys, Whitney Houston, Tina Turner, Ariana Grande, Norah Jones, Justin Timberlake, Bruno Mars, Amy Winehouse, entre muitos outros.


O Quinto Canal agradece uma vez mais a disponibilidade da Marta Carvalho para a realização desta entrevista, e para finalizar deixamos uma mensagem gravada pela própria, dedicada a todos os seus fãs e aos nossos leitores:

DEIXE O SEU GOSTO E PARTILHE:

Artigos Relacionados