SIC Televisão

Diogo Piçarra: «[quero] ser falado durante bastantes anos»

 

Diogo Piçarra foi o vencedor da quinta edição de Ídolos e tal como já aqui foi revelado o jovem «gostava primeiro de gravar um álbum ou single, pois considero que esta é a melhor altura, quando o programa ainda está na memória das pessoas e estas se lembram de nós».

Agora, e já com o pensamento voltado para a capital inglesa, Londres, o novo ídolo de Portugal declarou à revista Ana que está contente com o reconhecimento do público e elogiou todos os restantes concorrentes.

Apesar de ficar feliz com o reconhecimento do público, tenho de dizer que todos os meus colegas são igualmente bons ou bem melhores do que eu e mereciam também ganhar o programa. Por exemplo, a saída da Débora deixou-me surpreso, pois achei que tinha muito mais para mostrar, mas como não teve grande visibilidade nos primeiros castings o público não a conhecia.

Com o objetivo de vencer o programa da SIC alcançado, Diogo Piçarra pretende agora inverter a tendência dos vencedores do formato e permanecer na memória do público. «Os anteriores vencedores eram animais de palco, mas não conseguiram, por razões de oportunidade, singrar ou perdurar por muito tempo. Espero quebrar um pouco essa malapata e ser falado durante bastantes anos».

Artigos Relacionados