Cabo Televisão

«Pesca Sem Limites» é a nova série do canal Discovery

A nova série Pesca Sem Limites centra-se no trabalho realizado pelos pescadores na localização de atum-rabilho nas águas do Atlântico.

Dois barcos, Julia Nicole e Subdivider, e as duas respetivas equipas, vão à procura do peixe mais valioso e pesado do mundo, numa derradeira batalha entre o homem e o animal. A estreia da nova série está marcada para sábado, 18 de julho, às 21 horas, no Discovery. O atum-rabilho do Atlântico Norte é um dos peixes mais valiosos do mundo, devido à sua oferta limitada, e os preços podem chegar aos US $20 mil numa única captura, o que também significa uma cota apertada para evitar a sobrepesca e incentivar a sustentabilidade. Nesta série, os pescadores tentam a todo o custo garantir a sua subsistência e pescar o maior atum-rabilho possível, mas há um problema: cada barco tem direito a um por dia e deve puxá-los manualmente, o que resulta numa batalha difícil entre homem e animal que pode durar horas, visto que cada peixe chega a pesar mais de 450kgs.

Com o sustento das suas famílias em risco e um negócio de várias gerações para manter, as famílias de pescadores confiarão umas nas outras e trabalharão juntas na conquista de um objetivo comum. No Subdivider, o líder é o lendário pescador Johnny Johnson, que se juntou à tripulação do ‘Grateful Dead’ no início dos anos 80 e viajou pelo mundo antes de terminar no Havai, onde descobriu a pesca do atum albacora. Perseguir o maior e o melhor está-lhe no sangue, visto que o seu pai detém o recorde mundial do maior peixe-gato, o que o leva a destacar-se neste setor. Depois de perseguir o maior atum do mundo, Johnson ganhou a reputação de querer ajudar outras pessoas ao longo do caminho, a fim de preservar essa comunidade e estilo de vida único.

No comando do Julia Nicole está uma empresa familiar multigeracional – avô, pai e filho. Com Dan Smith Sr. a ocupar o banco traseiro para se concentrar noutros negócios, é o seu filho de 18 anos, Danny Jr., um atleta de hóquei no ensino médio que quer ser o melhor pescador do mundo, que vai provando o seu valor. No entanto, se falhar, o jogo acaba para as três gerações de pescadores. Embora ambas as equipas reconheçam o risco – o clima perigoso e imprevisível e o dinheiro desperdiçado quando as cotas são atingidas -, elas são dedicadas ao seu modo de vida e não o trocariam por nada deste mundo. Estão prontos para arriscar tudo para trazer uma fortuna para casa.


  • Leia também:

RFM Somnii Special Weekend alcançou mais de 600 mil pessoas

 

Artigos Relacionados