Canal História estreia a produção original «Churchill na Madeira»

O Canal História reforça a sua aposta em produção original com a estreia da minissérie documental Churchill na Madeira, uma coprodução com a RTP, gravada integralmente na ilha da Madeira, com estreia marcada para sábado, dia 18 de junho, pelas 22h15.


O fio condutor desta minissérie de dois episódios, com cerca de 50 minutos cada, é a preparação e a visita de Winston Churchill à Madeira, em 1950. Esta é a primeira vez que se aborda, através de documentário, a visita do primeiro ministro britânico, permitindo perceber a importância desse acontecimento histórico.

Segundo Sergio Ramos, vice-presidente de programação dos canais de documentários da AMC Networks International Southern Europe, “estamos muito orgulhosos com o resultado deste trabalho que reflete a aposta que temos vindo a desenvolver em produção própria direcionada para o mercado português. A série recorre a reconstituições, arquivos, cartas e testemunhos muito enriquecedores que ajudam a perceber porque é que esta visita mudou a história da ilha e do mundo para sempre”.

As imagens (fotografia e filme) são provenientes de arquivos, bem como de jornais de época, nacionais e estrangeiros, e os arquivos da rádio ajudam a contextualizar os anos em que se passa a narrativa. A rodagem decorreu nos locais onde se deram os acontecimentos, contando ainda com encenação de pequenas reconstituições com o objetivo de criar uma atmosfera cinematográfica.

 O historiador José Pacheco Pereira; o presidente do Governo Regional da Madeira e autor do livro “Winston Churchill na Madeira”, Miguel Albuquerque; Eduardo Jesus, presidente da AP Madeira; Michael Blandy, membro da família detentora da maior produtora mundial de vinho da Madeira que convidou Churchill a visitar a ilha; Egídio Teles, habitante de Câmara de Lobos que, com 9 anos, recebeu Churchill junto à sua casa onde passou a manhã a pintar; Marcelino Abreu, filho do motorista de Churchill durante a visita, são alguns dos intervenientes cujos testemunhos enriquecem esta produção.

Em Churchill na Madeira ficaremos a saber tudo sobre a preparação da visita de Churchill e da sua comitiva; a chegada, acompanhado pela mulher e filha; como decorreu a visita e as suas rotinas, recorrendo às memórias da comunidade inglesa residente na ilha e dos madeirenses. Além disso, teremos oportunidade de conhecer a Madeira como um lugar muito diferente de 1950, percebendo o impacto que esta viagem teve no futuro da ilha.

Para a realizadora Joana Pontes, esta série revela vários aspetos desconhecidos da célebre visita. “Quando me convidaram para escrever e realizar um documentário sobre a visita que Churchill fez à Madeira, percebi que pouco se sabia deste acontecimento. Estive um fim-de-semana a colher alguma informação e confirmei que era um enorme desafio”, assume a autora para quem a investigação “tornou possível a existência da história que acabámos por contar e que tem, na realidade, duas personagens principais: Winston Churchill e a Ilha da Madeira”.

A série documental foi gravada em inúmeras localizações de extraordinária beleza por onde Winston Churchill passou e onde foram feitas as entrevistas aos especialistas e filmadas as recreações, tais como a Fajã da Nogueira, o Ribeiro Bonito de São Jorge, a Quinta do Palheiro Ferreiro, o Museu de Fotografia Vicente´s, o Reid´s Hotel onde Churchill esteve alojado, ou o Blandy´s Wine Lodge, entre outros.


André Kanas

http://www.facebook.com/andrekanas

Diretor e Gestor de conteúdos e redes sociais do QC | Responsável pelas coberturas musicais e televisivas do QC | Integrou o QC em 2013, estando integrado no mundos dos blogues e sites de entretenimento desde 2007.

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado.