Na última quarta-feira Portugal foi afastado do Euro 2012 e muitos foram os portugueses que ficaram desolados. A verdade é que a seleção nacional alcançou uma boa classificação neste campeonato, e ajudou a SIC a tornar o jogo contra a Espanha no programa mais visto dos últimos oito anos. Quem diria?

Por outro lado, a semana foi ainda marcada por outros temas, nomeadamente a homenagem a Angélico Vieira depois de, há um ano, o cantor ter sido vítima de um acidente de viação. Multiplicaram-se os especiais nas generalistas como forma de relembrar uma das figuras que marcou as gerações mais jovens nos últimos tempos.

De salientar também a polémica com o término do contrato de exclusividade de Pedro Barroso com a TVI. Ao que parece, o ator não respeitou o horário das gravações de Doce Tentação, chegando atrasado às mesmas durante vários dias, o que levou a que a estação de Queluz de Baixo não renovasse esta ligação com ele.

Mas há mais neste Em Foco, o primeiro de julho! Quer ficar a par de tudo o que marcou a atualidade televisiva na semana que passou? Então sintonize-se a partir deste momento com a rubrica dos domingos à noite do 5º Canal!

[divide style=”2″]

A derrota de Portugal no Euro 2012 foi, sem dúvida, um dos momentos altos dos últimos oito dias. Se, para uns, a noite de quarta-feira foi uma desilusão, para outros significou uma autêntica glória. Afinal, a estação de Carnaxide conseguiu que o jogo entre seleção nacional e a Espanha fosse não só o programa mais visto de 2012, como igualmente dos últimos oito anos. O terceiro canal lançou inclusivamente uma peça que retratou esse resultado. Relembre-a aqui.

Feitas as contas, qual das generalistas ganhou mais com as transmissões dos jogos deste campeonato europeu? Aceitam-se opiniões!

[divide style=”2″]

Para além do futebol, é de salientar os pormenores que foram noticiados pela imprensa sobre o novo programa de Luís Filipe Borges para o primeiro canal. Longe de se centrar no humor, o formato aproxima-se assim de uma linha documental, tal como explicou Hugo Andrade à Notícias TV desta semana:

Não é um projeto original nosso, é antes um formato internacional que eu indentifiquei como interessante para tentarmos desenvolver em Portugal. Posso dizer que é algo pequeno, não vai ter grande dimensão e trata-se de um projeto muito próximo da linha documental.

Para além desta novidade, o diretor de programas da estação pública referiu à mesma publicação que Vidas em Jogo será a última novela brasileira transmitida pela RTP este ano. A estratégia do primeiro canal vai mudar, e aumentar assim o horário de exibição de Portugal no Coração que, de segunda a sexta-feira, faz companhia às tardes dos telespetadores. Por outro lado, e a médio prazo, no horário que sucede o Jornal da Tarde serão também transmitidas produções portuguesas, nomeadamente séries que, no passado, já marcaram a grelha de programação da estação pública.

Uma alternativa que, de certeza, vai destacar-se das novelas que são emitidas pela SIC e TVI no mesmo período.

[divide style=”2″]

Na ficção da TVI, Pedro Barroso deixou de fazer parte do leque de exclusivos do canal. Depois de ter sido uma estrela das novelas da TVI, o ator pisou o risco com atrasos às gravações de Doce Tentação, e prepara-se para abandonar a história da autoria de Sandra Santos, da Casa da Criação, mais cedo. Com a crise a afetar a vida dos portugueses, parece que existem profissionais que não se preocupam com o futuro nos ecrãs nacionais.

Será esta notícia verdadeira, ou estaremos apenas perante um remake da vida de Merche Romero que, há uns anos atrás, era constantemente acusada de não respeitar os horários no primeiro canal? Eis as declarações de uma fonte próxima do ex-namorado de Maria João Bastos à Nova Gente:

[O Pedro] já não é um ator exclusivo TVI. [Ele] faltou várias vezes às gravações, chegava repetidamente atrasado e em muito mau estado.

Será o Miguel de Doce Tentação afastado das produções do canal da Media Capital?

[divide style=”2″]

Para terminar, é importante salientar também o novo canal por cabo que vai surgiu no próximo ano. Depois de, por exemplo, o Diário Económico se ter estreado na televisão com um projeto ambicioso, chega agora a vez do jornal mais lido em Portugal, o Correio da Manhã, passar a marcar presença no pacote de canais dos operadores de televisão. O Correio da Manhã TV está a chegar e promete aprofundar parte daquilo que diariamente este título nacional lança nas suas páginas impresas.

É a convergência entre a palavra, a imagem e o som a falar mais alto, num mundo onde os meios de comunicação necessitam de diversifcar os seus suportes!

Até para a semana!

DEIXE O SEU GOSTO E PARTILHE:

Artigos Relacionados