Música

«Caixa de Luz»: João Gil com cinco concertos especiais no Capitólio

De 27 a 31 de janeiro, João Gil convida António Zambujo, Tatanka, Ana Bacalhau, Jorge Palma e Elida Almeida, respectivamente, para 5 noites de partilha numa Caixa de Luz, no Capitólio em Lisboa.


Esta residência artística de João Gil celebra a música, a vida e a palavra num palco que se transforma, como o próprio nome indica, numa Caixa de Luz, que apesar da pandemia e da moldura restritiva que impõe à realização de espetáculos ao vivo, ilumina as fronteiras que habitualmente separam artista e público. Numa fusão cúmplice entre histórias e estórias, estas cinco noites de luz e trovas, com assinatura de João Gil e participação especial dos seus cinco convidados.

No final de 2020, João Gil lançou o single O Exacto Oposto, uma ode à vontade de Mudança e ao Amor enquanto catalisadores de actos de bravura, fundamentais para as grandes conquistas. Em O Exacto Oposto, que sucede ao tema A Marcha da Polícia, editado em julho do mesmo ano, João Gil volta a assinar a autoria da música e letra, reforçando a chamada de atenção para os movimentos anti-democráticos que têm crescido um pouco por todo o mundo, colocando em causa regimes democráticos e a estabilidade social.

João Gil, compositor e guitarrista, é um dos artistas mais reconhecidos da música portuguesa. Dos Trovante à Filarmónica Gil, passando pela Ala dos Namorados, Rio Grande, Cabeças no Ar, Baile Popular ou, mais recentemente, os Tais Quais ou o Quinteto Lisboa, a vida de João Gil é pautada por grandes sucessos que suplantam a notoriedade dos grupos por onde passou e nos quais deixou o seu forte contributo.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não vai ser publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.