Geral

#somostodosmacacos: Afinal tudo não passou de uma campanha publicitária

somostodosmacacos

Foi no domingo passado que o jogador Daniel Alves, durante o jogo que pôs frente a frente o Villarreal e Barcelona, foi atingido em pleno jogo por uma banana, tratando-se de um insulto racista. Mas afinal, tudo não passou de uma minuciosa campanha publicitária.

O vídeo correu mundo, tornou-se viral, e foi o nosso Vídeo do dia desta segunda-feira (que pode ver clicando aqui). Mas o que levava a crer que se tratava de mais uma atitude racista de adeptos perante um jogador brasileiro, afinal não passou de uma excelente campanha de publicidade, que já estava a ser preparada há cerca de duas semanas.

Tudo começou quando Neymar, jogador do Barcelona, sofreu insultos num jogo frente ao Granada, quando os adeptos da equipa rival começara a insultar o jogador imitando sons de macacos. Não ficando indiferente a estes protestos, o pai de Neymar decidiu entrar em contacto com uma agência de publicidade para juntos darem a volta a situação através de uma campanha.

A empresa escolhida foi a Loducca, responsável pela marca NJR, pertencente ao jogador. Assim sendo, foi então criada uma ação de sensibilização e um vídeo com a hashtag #somostodosmacacos. Restava agora  esperar pelo momento ideal para lançar a campanha, que acabou por coincidir com o incidente do jogador Daniel Alves.

Contudo, Ketzer, responsável pela publicidade, diz que a iniciativa de o profissional comer a banana não foi preparada, acabando por ter acontecido naturalmente. A intenção era Neymar ter comido a banana, e não Daniel Alves.

A verdade é que a campanha deu a volta ao mundo, e inclusive juntou milhares de anónimos e famoso em torno desta causa, como é o caso da presidente brasileira Dilma Rousseff, o primeiro-ministro italiano Matteo Renzi, a cantora Ivete Sangalo, entre outras estrelas. Portugal também não ficou indiferente e nomes como Daniel Oliveira e Jorge Gabriel também se juntaram a esta campanha, sem saberem qual o seu verdadeiro propósito.

Sobre a polémica em torno do lançamento da banana, sabe-se que supostamente o adepto responsável pelo ato, após ter sido identificado, foi banido para sempre do estádio do Vilarreal, não podendo mais ser sócio do clube. Resta agora descobrir se a banana foi mesmo atirada intencionalmente ou se também fazia parte da campanha.

DEIXE O SEU GOSTO E PARTILHE:

Artigos Relacionados