SIC Televisão

Cláudia Vieira assume ter sofrido a pressão das audiências no «Ídolos»

Cláudia Vieira

Ela é uma das caras mais conhecidas e queridas da estação de Carnaxide e goza agora das merecidas férias depois de integrar a novela Rosa Fogo e de ter partido para a apresentação da quinta edição de Ídolos. Este foi um programa marcado pelas baixas audiências e pela fraca popularidade junto dos portugueses. Agora, à TV Guia desta semana, a atriz e apresentadora garantiu ter gostado de apresentar mais um edição do talent-show e que afinal sentiu a pressão das audiências, mas só pela impresa.

Sentimos a pressão. Muito pela imprensa que queria que nós apontássemos as causas o que não era uma coisa fácil para nós, porque de forma alguma esta edição foi pior do que as outras. Foi uma ótima edição. Tivemos concorrentes mais novos e mais parecidos, mas igualmente bons.

Ela que faz ainda um balanço muito positivo desta nova etapa da sua vida. A representação levou-a às luzes da ribalta, mas a apresentação fez com que ganhasse um outro estatuto dentro do canal e assim tem abertos novos horizontes e possíveis projetos que possam passar por essa área.

O balanço não podia ser mais positivo. Embora as audiências não tenham acompanhado o tão positivo que foi para mim. Senti que cresci enquanto apresentadora. Senti-me mais confiante no papel de comunicadora e apresentadora.

A SIC não lhe atribuiu ainda nenhum projeto para a rentrée televisiva, no entanto, e sendo exclusiva do canal, espera-se que surjam novos projetos ambiciosos que na apresentação, quer na representação. Depois de meses seguidos de árduo trabalho, a profissional prepara-se para descansar ao lado da família.

 

Artigos Relacionados

Siga o Quinto Canal nas redes sociais: