TVI Uncategorized

Pedro Lima foi buscar inspiração aos políticos para desempenhar papel em «Destinos Cruzados»

Pedro Lima

Pedro Lima dá vida ao ambicioso e corrupto Eduardo Ferraz, na novela da TVI Destinos Cruzados. Um homem que não olha a meios para atingir os fins, nem que para isso tenha de se envolver com mãe e filha ao mesmo tempo.  Para o ator este tipo de personagens são mais fáceis de fazer, «Não temos de nos vigiar tanto e podemos seguir a inspiração momentânea», conta à TV 7Dias.

Para criar este vilão, Pedro Lima inspirou-se nos políticos da atualidade portuguesa: «Tive alguma dificuldade em perceber como é que haveria pessoas assim. Depois de muito refletir e de estar atento à realidade, resolvi olhar com alguma atenção para a montra dos nossos políticos nos últimos anos, e descobri que têm um discurso desfasado do pensamento. Apesar de serem homens com princípios, bem-parecidos e eloquentes, vivem em regime de exceção e comportam-se em função das circunstâncias. Isto significa que podem fazer tudo, inclusive chegar ao ponto de matar para ultrapassar um obstáculo».

Apesar de tudo o ator não revelou quais aqueles em que se inspirou verdadeiramente. «Eu não vou dizer. As pessoas vão perceber…», referiu à mesma publicação.

Quanto à novela e a toda a produção que a envolve, Pedro Lima não tem dúvidas: «Estou muito confiante em relação ao produto. Gosto muito do texto do António Barreira. Acho que é um texto inteligente e sensível, que oferece aos atores desempenhos ao seu melhor nível».

DEIXE O SEU GOSTO E PARTILHE:

Artigos Relacionados