Televisão TVI

O que é que os candidatos à «Casa dos Segredos» têm em comum?

Os tempos são de contenção e, numa altura em que o desemprego afeta milhares e milhares de portugueses, parece que muitos deles olham para a nova edição da Casa dos Segredos como uma nova oportunidade nas suas vidas. Assim sendo, uma grande parte dos que se inscreverem na terceira temporada deste reality show têm algo em comum: o facto de não terem um emprego. «Muitos candidatos não têm trabalho. Nunca tivemos tantos», garantiu Lurdes Guerreiro, diretora-executiva da Endemol.

A mesma fonte explicou à TV Guia que a produtora deste formato vai poupar em algumas áreas, de forma a que esta Casa dos Segredos 3 não saia tão dispendiosa: «Estamos a viver um momento de crise e a nossa empresa também tem de poupar. Já trabalhamos neste formato há muito tempo e assim é mais fácil identificar onde podemos gastar menos dinheiro.»

Por fim e sobre os concorrentes, nesta nova edição não vão, supostamente, existir esteriótipos. Pelo menos, esta é a visão de Lurdes Guerreiro, que adiantou à publicação da Cofina que a atenção da Endemol se prende principalmente com o segredo de cada participante. «Não criamos estereótipos. Os nossos critérios prendem-se apenas com o valor do segredo de cada um, com o carisma e o conteúdo das pessoas», finalizou.

DEIXE O SEU GOSTO E PARTILHE:

Artigos Relacionados