Televisão TVI

Gabriela Sobral preocupada com quebra na ficção da TVI

Gabriela Sobral desempenha as funções de diretora de produção da estação de Carnaxide e tem, atualmente, em mãos a ficção que é líder de audiências em Portugal. No entanto, esteve durante vários anos em Queluz de Baixo a desempenhar as mesmas funções e por dentro das estratégias criadas para vencer em horário nobre. Agora, em entrevista à Notícias TV desta semana mostra-se apreensiva com a crise que a afecta as produções da TVI.

Tenho muitos amigos no outro lado, pessoas com quem trabalhei a vida toda, de quem eu gosto muito. E não fico contente com o que está a acontecer do outro lado. Não gostava de estar na pele deles.

Após vários anos a criar expectativas e a prender os telespetadores ao ecrã, as novelas criadas em parceria com a Plural deixaram de cativar o grande público o que levou a uma forte queda na tabela de audiências. A liderança da TVI no horário está já em risco e para Gabriela Sobral a falta de atenção para com o mercado é crucial: «Foram muitos anos de liderança e, às vezes, é muito fácil conseguir conquistar o castelo, mas defendê-lo é muito difícil. A TVI está a perder esse castelo? Sinceramente, acho que sim. Eles estão um bocadinho desatentos.», concluiu.

Artigos Relacionados