Televisão TVI

Filipe Duarte: «Ao verem televisão, as pessoas ficam alheadas do que se passa no país»

filipe duarte

 

É um dos protagonistas de Belmonte mas nem por isso afirma sentir-se pressionado pelas audiências. Dá o litro no seu trabalho e não se contenta com o «mais ou menos». Filipe Duarte, ou João Belmonte, foi o escolhido para a capa da Notícias TV desta semana e confessou que não são as audiências que o movem: «Compreendo que muitos atores sem preocupem mais do que eu porque eu não pertenço à casa, estou só de passagem. O meu trabalho não depende necessariamente disto. Mas, como disse, quero muito que a novela tenha o maior êxito possível.»

Por outro lado, Filipe Duarte criticou os próprios telespetadores por verem tanta televisão, algo que, na maior parte das vez, não as cultiva. Adepto da programação da RTP2, o ator explicou o seguinte a propósito da quantidade de novelas transmitidas pela SIC e TVI: «Acho que as pessoas, ao verem tanta televisão, ficam um pouco alheadas do que se está a passar neste país. Por outro lado, entendo perfeitamente que, depois de um dia de trabalho, as pessoas querem é ver coisas bonitas e ir para outro mundo. É muito positivo para nós, atores, que isso aconteça. É sinal de que muitos vão continuar a ter trabalho. Isto é uma simbiose. Quanto mais ficção portuguesa, mais trabalho.

A alternativa para os portugueses está mesmo no segundo canal, o qual acaba por ser o único projeto que aposta em conteúdos para além da ficção. «A RTP2 é um canal de que gosto muito e que não deveria acabar nunca porque realmente oferece essa alternativa. É verdade que é pouco alternativa. Mas acho que a responsabilidade não devia ser só da RTP, mas de todos os canais, de tentar, além das questões monetárias, de dar coisas diferentes, às pessoas, cultura. Mas, como a cultura está a ser cortada pelo nosso próprio governo, o exemplo é muito mau», concluiu.

Artigos Relacionados