Rubricas SIC

«Factor X» em Análise – 8ª Gala (19/01/2014)

Factor X em análise

Estamos a caminhar a passos largos para a grande final do Factor X. De 15 restam apenas 6 concorrentes, e já falta muito pouco para descobrir que vai ser o vencedor.

Faltam apenas duas semanas, e por isso mesmo é a hora do tudo ou nada. Ou seja, em vez de os concorrentes cantarem uma vez, vão cantar duas, e numa delas irão ter uma banda como acompanhante musical. O ambiente entre mentores está ao rubro, e ninguém quer perder nenhum detalhe do que se passa em direto.

Para abrilhantar ainda mais a noite, tivemos oportunidade de assistir a uma atuação de Mallu Magalhães, a convidada especial desta semana.

De seis concorrentes, restam agora apenas cinco. Quem ficou, e quem foi embora? Descubra tudo em mais um Factor X Em Análise.

[divider]

Adultos (Sónia Tavares)

BERG

Berg

Primeira Atuação:

Kings Of Leon – Sex On Fire

Sendo um dos concorrentes mais versáteis do programa, na sua primeira atuação o Berg decidiu soltar o seu lado mais rock, com um estilo bem diferente do que mostrou até ao momento no Factor X, sendo uma vez mais o suficiente para cativar o público, mas não os mentores.

Comentário dos jurados:

Paulo Junqueiro: “Não era uma música que esperava de ti, mas cantaste lindamente. Mas esperava mais energia de ti. Continuo à procura do teu Factor X.”

Paulo Ventura: “O Paulo Junqueiro acabou de me roubar tudo o que tinha para dizer. Cantas bem e fazes umas vocalizações boas. Mas precisamos mais de ti do que aquilo que tu nos dás.”

Segunda Atuação:

 The Beatles – With a Little Help From My Friends

Definitivamente o acústico é a praia do Berg, e o cantor deu provas disso em mais uma excelente performance, que deixou o público completamente rendido com a sua melodia.

Comentário dos jurados:

Paulo Junqueiro: “Berg, acho que a Sónia a partir de agora só vai querer ver os seus artistas com banda ao vivo porque foi fantástico. O que acabaste de fazer foi mais uma versão tua do que qualquer outra coisa.”

Paulo Ventura: “Foi fantástico, maravilhoso, e tu aqui não fazes o coro, és tu que cantas. Interpretação fantástica.”

JOSÉ FREITAS

José Freitas

Primeira Atuação:

Metallica – Enter Sandman

Disposto a dar tudo por tudo, na sua primeira atuação o José arriscou em todos os sentidos, e trouxe a palco uma música bem rock dos Metallica, surpreendendo o público e inclusive os jurados.

Comentário dos jurados:

Paulo Junqueiro: “Achei realmente que arriscaste imenso e nunca me passou pela cabeça que me cantasses isso. Cantaste muito bem, mas dentro desta música esperava mais.

Paulo Ventura: “Fazer uma canção destas implica saber fazê-la. Não se pões em causa a tua interpretação, que foi fantástica, mas é preciso muito mais.

Segunda Atuação:

Michael Bolton – How Am I Supposed To Live Without You

Já com a presença da banda em palco, desta vez o José Freitas apresenta uma música bem romântica, e bem conhecida, mostrando que nenhum registo musical o assusta. 

Comentário dos jurados:

Paulo Junqueiro: “Por mais que queiras ser versátil, este é que é o teu sítio. Tu estiveste muitíssimo bem. Esta é que é a tua praia.”

Paulo Ventura: “A tua atuação não foi ótima, foi excelente. É tudo uma questão de reportório.”

[divider]

Jovens (Paulo Junqueiro)

D8 (DIOGO VALENTE)

Diogo Valente

Primeira Atuação:

The Roots – The Seed

Considerado como a maior surpresa do programa pelo seu mentor, o D8 trouxe a palco mais uma rap original, acompanhado do musical dos The Roots, voltando a receber enormes elogios por parte do júri

Comentário dos jurados:

Paulo Ventura: “Eu para ti já me pus de pé, já pedi para votarem em ti, e continuas a merecer isso tudo.”

Sónia Tavares: “Este histerismo é bom, pois é sinal de que te têm aceite, e todos gostam de ti.”

Segunda Atuação:

 Jêpê – Acima das Nuvens

Em palco com a banda, o D8 adaptou mais um rap original a uma versão acústica, mostrando que o rap pode ser adaptado a qualquer situação, deixando o público emocionado e ao rubro.

Comentário dos jurados:

Paulo Ventura: “Eu tenho sido abordado por pessoas que me vêm dar recadinhos para ti, para te pôr a cantar. E a minha resposta a essas pessoas é que um artista que sabe rapar com uma banda destas tem um talento fantástico. Parabéns.”

Sónia Tavares: “Eu ando há meses para escrever umas palavras para o meu disco, e tu numa semana escreves duas músicas. Parabéns.”

 MARIANA

Mariana

Primeira Atuação: 

Vinicius de Moraes e Tom Jobim – Garota do Ipanema

Com um novo estilo em palco, a Mariana decidiu trazer até ao palco a Bossa Nova, com um tema bem conhecido, que já teve direito a diversas versões, e que conquistou todos os presentes.

Comentário dos jurados:

Paulo Ventura: “É tão mais fácil quando tu fazes isto tão bem, e és a melhor intérprete deste programa. És a nossa Mariana.”

Sónia Tavares: “Tu és definitivamente uma princesa. Tens um soul inacreditável, e mais uma vez foste fantástica.

Segunda Atuação: 

Rihanna – We Found Love

Numa ronda marcada por versões acústicas, a Mariana apostou num grande hit de Rihanna, mostrando a sua veia mais sensível, sem truques nem magias. 

Comentário dos jurados:

Paulo Ventura: “Mariana, tu és gigante, tens de ganhar isto. És o melhor resultado que este programa pode ter. Tu és um fenómeno.”

Sónia Tavares: “Nada a dizer sobre a tua atuação porque foi genial.”

[divider]

Grupos (Paulo Ventura)

OS AURORA

Aurora

Primeira Atuação:

Toranja – Cenário

São a única boysband neste momento no programa, e continuam a apostar na música portuguesa para convencerem os portugueses a votarem neles. Uma atuação ritmada e cheia de energia, mostrando a força que têm para dar.

Comentário dos jurados:

Sónia Tavares: “Gosto de vocês, foi mais uma canção arranjada com as guitarras, e com as vozes. É o vosso caminho mas ainda há muito trabalho a fazer.”

Paulo Junqueiro: “Estamos na gala 8, e um dos propósitos deste programa é fazer o que vocês estão a fazer. Encontraram o vosso caminho.”

Segunda Atuação:

Ornatos Violeta – Chaga

Paulo Ventura descreveu esta atuação como a mais arrojada do grupo até hoje no programa. Acompanhados pela banda, Os Aurora mostraram, e bem, porque merecem continuar a contar com o voto do público no Factor X.

 

Comentário dos jurados:

Sónia Tavares: “Mais uma vez parabéns, e realmente isto com banda é outro desafio e sentem-se com mais segurança. Também deu para perceber que não se precisam esconder atrás das guitarras.”

Paulo Junqueiro: “Vocês estavam sem as violas e não foram aquela típica boysband. Tiveram um arranjo e uma atitude muito boa. Já têm o vosso espaço. Parabéns.”

CUPCAKE

Cupcake

Primeira Atuação:

Kenny Loggins – Footloose

Numa atuação com muito ritmo e cor, as Cupcake provaram que foram sem dúvida a melhor escolha da semana passada ao serem salvas pela Sónia.

Comentário dos jurados:

Sónia Tavares: “Bem… A vossa atuação foi muito enérgica, e achei que estavam mais preocupadas a dançar do que a cantar. Já vois ouvi cantar melhor”.

Paulo Junqueiro: “Vocês têm crescido bastante, no entanto senti-vos um pouco inseguras na parte vocal.”

Segunda Atuação:

 Bee Gees – To Love Somebody

Depois de um ritmo energético na primeira atuação, o grupo feminino do Factor X trouxe a palco uma versão acústica de um clássico, bem conhecido da grande maioria do público, arrancando grandes elogios do júri.

Comentário dos jurados:

Sónia Tavares: “Começámos um bocadinho aos soluços, mas quando agarraram a música, foi com o coração. Ficou muito bem. Gostei mais do que na primeira atuação. Parabéns.”

Paulo Junqueiro: “Fizeram um arranjo diferente, cantaram com muito sentimento. Parabéns.”

[divider]

EXPULSÃO

Depois de uma dose dupla de atuações, o público deixou para último ambos os grupos do Factor X. Tanto Sónia Tavares como Paulo Junqueiro conseguiram salvar os seus concorrentes, e tudo se decidiu entre Os Aurora e as Cupcake.

A decisão final de escolher o grupo a salvo coube a Paulo Ventura, devido às indecisões por parte dos outros mentores. Depois de uma última atuação e de muito ponderar, após serem salvas um total de cinco vezes, quem acabou por ficar em segurança esta semana foram Os Aurora, eliminando assim as Cupcake.

Cupcake

 [divider]

Até para a semana!

Texto e Análise: André Kanas
Imagens finalistas: SIC
Imagem rubrica: Rui Lopes

 

Artigos Relacionados