Há muito que a RTP tem vindo a apresentar sucessivas queixas públicas, seja em antena ou não, relativamente às suas audiências e na passada quinta-feira voltou a fazê-lo, no entanto, o culpado pela falha na medição de audiências é a própria estação pública. Ora, usando a GFK o sistema de audiomatching, isto é, o registo dos canais a partir do som da emissão e tendo existido uma falha da RTP na emissão do som da sua programação, o sistema deixou de registar as audiências do canal enquanto tudo não voltou à normalidade. Ainda assim, explica o Briefing, caso haja canais a emitir em simultâneo um mesmo programa, o sistema assume automaticamente que a audiência passou a ser contabilizada no canal que não teve o áudio interrompido. Foi o que aconteceu na passada quinta-feira, quando o Telejornal ia sendo mais visto na RTP África do que na própria RTP.

Artigos Relacionados