Séries

Minissérie «O Tempo e o Vento» é emitida no canal Globo

Composta por três episódios, a minissérie O Tempo e o Vento é a nova aposta do canal Globo.


 A cidade fictícia Santá Fé é o palco do conflito entre as famílias Terra Cambará e Amaral, que durou mais de 150 anos, tendo atravessado várias gerações. Mas essas disputas não foram capazes de travar o nascimento de uma história de amor que acabou por fintar o sentimento de ódio entre as duas famílias rivais. O Tempo e o Vento é uma minissérie literária composta por três episódios e livremente inspirada na obra Erico Verissimo. A trama tem estreia marcada para o dia 12 de junho, às 23h15, na Globo.

O Tempo e o Vento conta a história de amor entre Bibiana e Capitão Rodrigo, que nasceu no meio do conflito entre as famílias Terra Cambará e Amaral. As memórias são narradas por Bibiana, a centenária Terra Cambará que relembra a trajetória da sua família, desde a sua avó Ana Terra até ao final da sua vida.

Na obra, uma das mais importantes da literatura Gaúcha, Santa Fé foi fundada e erguida pelo imponente Ricardo Amaral, que é quem acolhe Ana Terra. É em Santa Fé que ela reconstrói a sua vida ao lado do filho ainda criança, Pedro, após perder a família e as suas terras num ataque dos castelhanos. Dedicada e agradecida pelo acolhimento, Ana Terra não poderia imaginar que os seus sucessores se tornariam os principais rivais da família Amaral.

O início desse combate acontece anos depois com a chegada do charmoso e divertido Capitão Rodrigo Cambará. Corajoso e guerreiro de muitas batalhas, fica encantado por Bibiana, neta de Ana Terra, e enfrenta bravamente os empecilhos de um romance que atravessa o tempo e prova que o amor é capaz de resistir às guerras. Desejada por Bento Amaral e apaixonada por Rodrigo, Bibiana resiste às imposições daquela época e, com a ajuda do irmão, Juvenal Terra, convence a família do seu amor e, apesar de não ter aprovação completa do pai, casa-se com o capitão. A partir daí, o cerco começa a fechar para os Terra Cambará. Prisões, mortes e mais guerras tomam conta da família, que seria sustentada pelo amor, dedicação e superação de Bibiana.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não vai ser publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.