Música

Fraca adesão à Eurovisão 2019 leva organização a adotar novas estratégias

Eurovision 2019

Com a venda de bilhetes a revelar-se um fracasso, a organização do Eurovision Song Contest decidiu tomar novas estratégias para a captação de público.

Se por um lado os ensaios decorrem a todo o vapor para que na próxima semana esteja tudo pronto para o Eurovison Song Contest 2019, por outro a organização está com grandes dificuldades em conseguir captar público para marcar presenças nas cerimónias do evento. O elevado preço dos bilhetes, a par dos conflitos de guerra que têm envolvido os arredores de Israel, levaram a que o público não aderisse à edição deste ano do festival, cuja estimativas apontam apenas para a presença de cerca de 5 mil turistas em Tel Aviv, número bastante abaixo daquele registo em Portugal o ano passado.


Leia também: «Eurovision 2019»: Portugal irá atuar na primeira semifinal

Nesse sentido, a organização tem tomado várias medidas de forma a colmatar essa situação, optando por nos últimos dias vender 2 bilhetes pelo preço de 1, baixando assim para metade o seu valor. A par desta estratégia, foi também reduzido o espaço do Golden Circle, embora por questões de segurança, e que levará assim a que o público seja disperso por outras zonas do recinto. Sabe-se também que a venda de bilhetes para a Green Room nas semi-finais foi cancelada, dada a fraca adesão, ,mantendo-se apenas ativa a venda de bilhetes para a grande final.

O Eurovision Song Contest 2019 realiza-se entre os dias 14 e 18 de maio.

DEIXE O SEU GOSTO E PARTILHE:

Artigos Relacionados