Música

Álbum de estreia dos portugueses Kiko & The Blues Refugees aclamado pela crítica nacional e internacional

O álbum de estreia dos Kiko & The Blues Refugees tem sido aclamado pela crítica nacional e internacional e revela ser já uma das surpresas musicais de 2021.


A imprensa internacional especializada em Blues, como a revista francesa Soul Bag, a inglesa Blues in Britain, a austríaca Concerto que atribui 5 estrelas ao novo álbum dos Kiko & the Blues Refugees, são algumas das publicações que elogiam o trabalho de estreia da banda portuguesa. Kiko & The Blues Refugees é um supergrupo formado por músicos experientes e conceituados do panorama nacional: o músico, compositor e produtor Kiko Pereira, luso-americano que o crítico José Duarte elegeu como a melhor voz masculina do jazz em Portugal, junta uma equipa de excelência como António Mão de Ferro (guitarras), Jorge Filipe Santos (teclados), Carl Minnemann (baixo) e João Cunha (bateria).

Threadbare, o disco de estreia, é um filme sonoro que expõe a atualidade de um género universal e das inúmeras estradas por onde ele nos pode levar. Os 11 temas originais de Kiko Pereira pegam em nós no ponto inicial, no sul profundo dos Estados Unidos, e levam-nos pelas diferentes estradas por onde os blues se espraiam, entre o delta do Mississipi e Chicago, passando por Detroit e pelo cruzamento com outros géneros como o rock-roll, o rhythm and blues, a soul ou o jazz.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não vai ser publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.