Entrevistas Televisão

Entrevista – Tomás Adrião: «Vou lançar ainda este ano o meu primeiro álbum»

Conquistando o público pela sua irreverência, Tomás Adrião foi o grande vencedor do The Voice Portugal 2017 e prepara-se agora para lançar o seu primeiro disco de originais. Para dar a conhecer um pouco mais do seu trabalho e dos seus planos para o futuro, o Quinto Canal esteve à conversa com o cantor em mais uma entrevista exclusiva, que lhe damos a conhecer de seguida.

.


Para quem ainda não conhece o seu trabalho, quem é o Tomás Adrião?

Sou apenas um rapaz que quer contar histórias ao som da música que tanto quero fazer.

Lançou recentemente o single “A Vontade”. Como tem sido a receção do público a esta música?

Para o meu primeiro single tem sido positivo, nunca pensei que tivesse o impacto que está a ter.

E após o single, está nos planos lançar em breve o primeiro disco?

Sim, se tudo correr bem, vou lançar ainda este ano o meu primeiro álbum.

Ser músico / cantor sempre fez parte dos seus planos de vida?

A minha paixão pela música nasceu a partir do momento em que tive o primeiro contacto com instrumentos musicais, e mais especificamente com uma guitarra oferecida quando fiz os meus sete anos. Mais tarde quando comecei a estudar música e a ter os meus primeiros projetos, esta paixão cresceu ainda mais. Logo, posso dizer que desde que me conheço, ser músico está nos meus planos.


Foi o grande vencedor da edição 2017 do The Voice Portugal. Como surgiu a ideia de participar no programa?

Decidi, na altura, participar no The Voice para agarrar uma oportunidade. Nunca esteve nos meus planos ganhar o programa, claro que fiquei muito grato pela vitória, porque deu me muito mais do que eu pedia.

Como mudou a sua vida, após a vitória no programa?

Após a vitória agarrei essa oportunidade com todas as minha forças para conseguir fazer aquilo que mais gosto. Se não fosse essa vitória, provavelmente nunca iria conseguir fazer o que faço hoje. A vitória abriu-me portas, janelas, tudo o que havia para se abrir e tive de aprender a passar por elas.

Mesmo com vários formatos, acredita que este tipo de talento-shows continuam a ser uma fórmula de sucesso?

Eu acredito que sim, muitos dos artistas que temos em Portugal vêm de talent-shows. Cada vez mais tanto o público como editoras acreditam mais nestes talentos que têm vindo a aparecer.

Marcou a diferença ao cantar quase sempre em português, quando a maioria dos participantes optou pelo inglês. Alguma razão em especial para essa decisão arriscada?

Na altura decidi cantar somente em português, porque se um dia iria lançar as minhas músicas em português, porque não começar logo nas primeiras apresentações ao público cantar na minha língua e na língua que queria fazer a minha música.

 


Passando da música para a televisão, costuma acompanhar algum programa televisivo?

Por acaso não sou muito de ver televisão, é um pouco irónico de facto, mas não o costumo fazer.

Acredita que em televisão poderia haver um maior destaque dado ao mundo da música?

Eu acredito mesmo que sim. Há imensos formatos que poderiam ser realizados para promover música e não apenas talent-shows.

Se pudesse, alterava algum detalhe no atual panorama televisivo?

Se pudesse, sim claro. Talvez arriscava mais em ideias novas para movimentar mais pessoas a ver mais televisão.

O que podem os fãs esperar do Tomás Adrião em 2019?

Podem e devem esperar por um segundo single e pelo o meu primeiro álbum.

Que conselhos pode deixar a quem quer seguir o sonho da música?

O conselho que deixo é o incentivo ao estudo, estudar música é um grande passo para quem quer seguir o sonho da música.

 


Para finalizar, uma mensagem especial para os seus fãs e leitores do Quinto Canal 

A única mensagem que posso deixar-vos é um obrigado gigante! Obrigado por estarem comigo nesta fase da minha vida, por gostarem do que eu faço! Vou fazer os possíveis para continuar a fazer música para vocês.

Texto: André Kanas
Agradecimentos: Universal Music Portugal
DEIXE O SEU GOSTO E PARTILHE:

Artigos Relacionados