Quarta-feira, 14 de Fevereiro de 2018
Quinto Canal

Só Séries: «The Good Wife»

Aviso já de antemão… não sou a maior fã de The Good Wife, agarrei nesta série no final de maio quando todas as outras que acompanho acabaram as temporadas. Precisava de uma série para ver nos tempos mortos e para quando não tivesse sono, como quando faço normalmente com CSI. Ou seja, queria uma série que me desse sono… e numa tarde de fim-de-semana a fazer zapping descobri esta série na FOX Life. Como não gosto de ver episódios a meio da história sem perceber nada, liguei o computador e fiz download dos primeiros episódios.

Mas acabei por ficar rendida, já há muito tempo que não acompanhava nenhuma série de advogados. Durante as primeiras temporadas de Boston Legal não perdia um episódio, mas com o tempo e à medida que iam enrolando a história desisti. Mas, a Alicia Florrick capta a atenção dos espectadores. Aquele papel que tem de interpretar dentro da própria série de mulher e mãe perfeita tem muito a ver com a sociedade em que vivemos.

Esta série dá a conhecer vários temas muito actuais, e há que destaco com especial interesse… os bastidores das eleições dos Estados Unidos, sejam eles para governador, para o Senado… há manipulação em todo o lado, e provavelmente passa-se o mesmo em todo o mundo. E com o aproximar das eleições presidenciais vamos ver vários filmes e séries a explorar o tema.

Por outro lado, o facto de Peter, o marido de Alicia  ter sido preso, e ela ter de voltar passados 13 anos e consegui-lo fazer com sucesso e sem descurar todos os outros papéis que tem na sua vida, como o de mãe e o de mulher acaba por mostrar um lado um pouco ilusório. O casal Florrick acaba por ser os Clinton da ficção… Peter um político que traí a mulher, e quando o caso se torna público, a mulher decide por perdoá-lo. Na série agrava porque quando começa a série Peter está preso devido a abuso de poder.

Alicia com o marido preso vai trabalhar para um escritório de advogados de um antigo colega de faculdade e por quem teve uma paixão na faculdade. Will, o seu antigo colega e agora chefe volta a sentir o mesmo e começa a expressá-lo. A história desenrola-se, e os dois chegam mesmo a envolver-se, mas Alicia decide que quer salvar o seu casamento, e acabou um pouco no suspense a terceira temporada.

Na minha opinião… eu queria uma série que me desse sono, e esta fez exactamente o contrário. Porque não é só a história da Alicia, todos os casos que a sua empresa escolher defender prendem-nos, e há sempre a questão moral que desperta em todos os espectadores e obriga-nos a escolher o certo ou o errado.

Gostei… mas também sou sincera, não é das minhas séries preferidas, mas estou muito curiosa em ver a quarta temporada. Agora com o verão e para matar alguns tempos mortos aconselho 🙂

Até para a semana!!!

PARTILHAR

SOBRE O AUTOR

Quinto Canal - #FazADiferença 4 Anos a Fazer a Diferença no mundo da Televisão / Séries / Cinema / Música / Jogos & Tecnologia http;//facebook.com/quintocanal