Terça-feira, 30 de Maio de 2017
Quinto Canal

Memórias da TV: Animação e muito mais no «Big Show SIC»

No encerramento desta segunda temporada das Memórias da TV, recordamos um dos marcos da programação da SIC, o eterno Big Show SIC.

Tendo sido um dos maiores programas de entretenimento dos anos 90, o Big Show SIC dava aos seus telespetadores música, animação e muitas peripécias. Recorda-se?

Transmitido entre 1995 e 2001, o Big Show da SIC foi um marco da televisão portuguesa, sendo transmitido semanalmente ao fim-de-semana. Após ter começado por surgir na programação aos domingos à tarde na SIC, no seu auge chegou mesmo a passar para o horário nobre de sábado, tendo depois já nos últimos meses passado para as emissões durante as tardes de sábado. Na época o formato era o único a contar com uma grande duração, variando entre as 3 a 4 horas de emissão, algo raro nos programas de entretenimento.

João Baião foi sempre o apresentador responsável pela condução do Big Show SIC, um projeto idealizado por Ediberto Lima (que chegou mesmo a realizá-lo também em Angola). O programa nunca contou com uma única interrupção durante os anos em que esteve no ar. Foi também através do Big Show SIC que o pimba ficou famoso e atingiu igualmente a sua maior fama, com diversos cantores bem conhecidos da atualidade, tais como Emanuel, Toy, Ágata, Romana, Tony Carreira e Marco Paulo, entre outros, a serem uma presença constante, sem esquecer também os grupos de sucesso da época como os Excesso ou os D’Arrasar.

A verdade é que, sendo um programa bastante criticado durante a sua transmissão devido ao conteúdo “vazio” que aprestava, as audiências diziam o contrário com o Big Show SIC a ser líder durante a grande maioria da sua existência. E se ao longo dos seis anos houve várias mudanças de cenário e de convidados, algo que nunca mudou nas mais de 300 emissões realizadas foi o espírito de João Baião, sempre alegre e a contagiar o público presente com a sua animação e as suas partidas, também elas uma constante no programa.

A título de curiosidade, Laura Pausini e Ricky Martin foram alguns dos convidados internacionais que passaram pelo formato. Ninguém esquecerá a mítica personagem do Macaco Adriano e da sua música, o grupo de bailarinas, e até mesmo o DJ Pantaleão, que receberam também a companhia já na reta final do famoso rato Topo Gigio, e até mesmo a célebre frase do apresentador antes dos intervalos: “vá fazer um xixi, que a gente já volta!”. E se essa frase nunca mais foi esquecida pelo público, sem dúvida que outros dos momentos que permanece na memória é a eterna música de abertura do Big Show SIC, a TV em Movimento, onde já se sabia que era hora de sentar no sofá para três horas de pura animação.

PARTILHAR

SOBRE O AUTOR

No mundo da blogosfera desde 2007, sempre fui um admirador do mundo da televisão e não só, integrando a equipa do Quinto Canal 2013, assumindo o cargo de administrador desde 2014. Sou igualmente um apaixonado por música tendo já realizado as mais variadas coberturas musicais.