Televisão TVI

TVI corta salários e contratos de exclusividade com atores

Há muito que a crise se instalou em Portugal e até a ficção está a ser afetada. Sem dinheiro para luxos, novas contratações ou renovação de contratos de exclusividade, as estações de televisão vêem-se obrigadas a cortas nas despesas. A TVI, a estação que mais atores possuí como exclusivos prepara-se para reduzir estas regalias pois se antes eram 86, a partir de agora passam a ser apenas 30.

Cortes profundos que vão afetar muitos profissionais. Alguns, que vêm os seus contratos terminados brevemente, correm o risco que os perderam, mas a estação entra em ação e promete trabalho, mesmo sem o contrato assinado. Nesta situação estão Paula Neves e Marco Delgado. Quem avança com a notícia é a TV Guia que falou com alguns profissionais. Apesar de  não revelarem a identidade, revelam: «Foram os tempos do Moniz… foi-se o dinheiro. Dos 86 exclusivos, eles pensam ficar com 30. E aos que ficam estão a pedir-lhe diminuições nos ordenados». Segundo se sabe Mariana Monteiro será uma das afectadas com o seu salário a ser reduzido em 2 mil euros. No entanto, Sara Prata, Jéssica Athayde, Pedro Barroso, Sara Matos, Patrícia Tavares e Pedro Górgia são mais alguns dos que sofreram com a crise.

As meninas são as que mais sofrem. A maioria não ganha mais de 3500 euros, mesmo as protagonistas, quando antes chegavam a ganhar 7500. Até a Sofia Ribeiro já foi avisada que vai levar um corte.

O quarto canal parece estar já a rever os contratos que acabam num prazo de um ano ou um ano e meio para avaliar situação a situação, uma vez que, segundo a mesma publicação, esta prefere os mais consagrados, mantendo, porém, os outros por perto. O caso Rita Pereira parece estar a causa algum mau estar junto dos colegas, uma vez que é das únicas que se vai livrar dos cortes e, pelo contrário, vai mesmo passar a ganhar mais. Mas a situação parece ser mesmo séria e merece a atenção dos profissionais, segundo uma fonte da Plural Entertainment :

 Eles não estão a renegociar contratos. Prometem apenas dar-lhes trabalho. Muitos atores estão a aceitar, já que a crise não está só na TVI. E os que renovam é apenas por um ano, não mais.

Alguns dos nomes que perderam já o estatuto de exclusivos são: João Perry, Maria João Luís, Paula Neves, Rodrigo Menezes, Marcantónio Del Carlo, Jorge Corrula, Marco Delgado e Margarida Vila-Nova. Dos 3o que se irão manter com exclusividade destacam-se: Alexandra Lencastre, Margarida Marinho, António Cerdeira, Helena Isabel e Manuela Couto. Resta agora saber quais os restantes que terão o privilégio de ver o seu vínculo prolongado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não vai ser publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.