Televisão TVI

Sara Barradas não acha correto o público decidir o final de «Remédio Santo»

A atriz Sara Barradas, protagonista de Remédio Santo, da TVI, revelou à Tv Mais não ter gostado da decisão do canal em dar aos telespectadores a opção de escolher quem será a Morte. A atriz justifica-se dizendo que «o final é um direito que cabe à criatividade do autor. Por um lado, é por ser sempre mais ou menos baseado no que o público quer e este quer, normalmente, que os finais sejam sempre bons e felizes, não sendo, necessariamente, a vontade um autor e/ou a realidade. Por outro lado, compreendo que uma novela é pura ficção, logo acaba por ser aquilo que as pessoas idealizam para as suas vidas».

Questionada sobre quem acha que é o famoso assassino, a atriz  confessa não fazer a «mínima ideia». Remédio Santo deverá terminar no final do mês.

Outras Notícias