Televisão TVI

Magoada com TVI Isabel Medina ruma à RTP

A crise e os cortes orçamentais chegaram há muito tempo à televisão e à ficção portuguesa e as estações, como a TVI, parecem não ter outra solução do que rever alguns contratos de exclusividade e afastar alguns profissionais. Agora que Louco Amor foi ultrapassada em audiências por Dancin’ Days, da SIC, o quarto canal começou a dispensar atores, tal como aconteceu com São José Correia e parece agora ter também acontecido a Isabel Medina e Suzana Borges. Estava previsto que Custódia, em Louco Amor, se mantivesse na trama até ao final das gravações, em outubro, mas a Plural, juntamente com a TVI, decidiram terminá-la antes de tempo para espanto da própria atriz. Foi em declarações à TV Guia desta semana que a profissional desabafou:

A minha personagem, assim como a da Suzana, era para ir até ao fim, pelo menos até outubro, mas subitamente mataram a Leonor. Disseram-me que a personagem não tinha mais história. A razão é simples. Eles querem pôr os exclusivos da estação a trabalhar e, como a minha ligação à TVI é apenas emocional, dispensaram-me. Trataram-me mal.

Assim, ao ver o seu futuro profissional ameaçado, a atriz meteu mãos à obra e garantiu à mesma publicação já ter projetos em vista, mas na estação pública. Mesmo em tempos de dificuldade, a vontade e a persistência reinam ou não fosse ela uma das mais consagradas atrizes a nível nacional:

Custa-me um bocado, mas estive em contactos com a RTP e devo ir trabalhar com eles. Com a SIC, não o faria… para não acharem que era vingança. E depois, tenho a minha escrita e peças de teatro para fazer.

Irá a TVI dispensar mais profissionais?

DEIXE O SEU GOSTO E PARTILHE:

Artigos Relacionados