Televisão TVI

«A Tua Cara Não Me É Estranha 3» em análise – 4ª Gala (24/02/2013)

A Tua Cara Não Me É Estranha 3 análise

 

A quarta gala de A Tua Cara Não Me É Estranha teve inicio com um ritmo quente para relembrar o verão do Brasil. Ivete Sangalo, na voz de Adriana Luz, aqueceu o palco da Venda do Pinheiro e acompanhou a entrada dos apresentadores Manuel Luís Goucha e Cristina Ferreira.

Estava assim aberta mais uma noite de grandes imitações e de muito boa disposição para a sua noite de domingo. Pode, agora, rever todas as atuações da noite:

[divide style=”2″]

Francisco Menezes

Francisco Menezes

 Foi o primeiro dos concorrentes a subir ao palco do programa da TVI e marcou pelas melhores razões. Francisco Menezes imitou Luciano Pavarotti de uma forma exemplar. Provavelmente terá sido uma das melhores atuações desta nova edição de A Tua Cara Não Me É Estranha e surpreendeu a todos os níveis. O grau de dificuldade imposto era elevado e o humorista mostrou estar à altura com uma capacidade vocal impressionante. A caracterização completou o boneco final que foi muito positivo.

Comentário do júri: «Estamos perante um cantor incrível. É um homem que tem uma afinação incrível. Tem um vibrato perfeito. O melhor cantor que passou por este programa» – Luís Jardim

Pontuação júri: 10 pontos

Pontuação final: 20 pontos

[divide]

Ricardo de Sá

ricardo sá

Esta semana Ricardo de Sá deixou de lado as roupas masculinas para interpretar a cantora Anastacia. Numa prestação de grande dificuldade por ter de fazer um papel completamente diferente do seu, a começar pelo sexo, Ricardo de Sá demonstrou mais uma vez porque é um dos concorrentes preferidos, deixando alguns elementos do júri boquiabertos com a sua poderosa interpretação da cantora norte-americana.

Comentário do júri: «Não me convenceste nada com a imagem. mas convenceste-me com a interpretação. Eu acho que te aproximaste imenso da voz dela» – Luís Jardim

Pontuação júri: 6 pontos

Pontuação final: 14 pontos

[divide]

Diana Monteiro

Diana Monteiro

 A Diana Monteiro coube-lhe interpretar a artista pop Katy Perry, com o tema Hot N’ Cold. Num ritmo muito mexido, a ex-Just Girls teve a tarefa acrescida de dançar enquanto cantava. Acompanhada por um grupo de bailarinas vestidas de noiva, a irreverência de Diana Monteiro fez-se notar com os seus movimentos sexy e divertidos e pela interação com o júri.

Comentário do júri: «A nível vocal tiveste muito bem. Acho que tens uma voz muito mais bonita do que a da Katy Perry» – José Carlos Pereira

Pontuação júri: 7 pontos

Pontuação final: 13 pontos

[divide]

Nicolau Breyner 

nicolau breyner

Esta semana o botão escolheu Willie Nelson como cantor para ser interpretado por Nicolau Breyner. O Num registo mais calmo, acompanhado pela restante banda Nicolau Breyner interpretou à sua maneira o cantor de música country norte-amerino, com a música Crazy.

Comentário do júri: «estiveste muito bem. Como sempre consegues surpreender-nos a todos da melhor forma» – Fernanda Serrano

Pontuação júri: 4 pontos

Pontuação final: 11 pontos

[divide]

Inês Santos

Inês Santos

 

Imitou Maria da Graça  com o tema Camisa Amarela e voltou a ser protagonista de uma grande interpretação em direto. Foi já considerada por muitos como a grande surpresa desta edição e continua a dar provas do seu valor. Vocalmente muito parecida e com uma caracterização muito bem conseguida fizeram com que Inês Santos brilhasse em mais uma noite de domingo.

Comentário do júri: «Poderias muito bem ser uma Maria da Graça dos tempos modernos. Cantaste muito bem. Parabéns!» – Fernanda Serrano

Pontuação júri: 9 pontos

Pontuação final: 18 pontos

[divide]

Wanda Stuart

Wanda Stuart

Wanda Stuart tinha em mãos um dos desafios mais complexos da noite: imitar um dos grandes ícones da música mundial e uma da maiores vozes de sempre. Subiu assim ao palco como Shirley Bassey com o tema This is my life e protagonizou outro dos momentos altos da noite. Apesar de ter sido das últimas, mostrou do que é capaz de fazer. Mostrou uma grande versatilidade vocal e um poder surpreendente em palco. A caracterização aproximava-se bastante do original.

Comentário do júri: «Que atuação estonteante. Esta noite o Óscar vai para ti. Linda! Muito obrigado!» – José Carlos Pereira.

Pontuação júri: 12 pontos

Pontuação final: 24 pontos VENCEDORA!!!

[divide]

João Didelet 

João Didelet

 João Didelet estava responsável por imitar o vocalista dos Chave d’Ouro, José Carlos, e fê-lo de forma profissional. A caracterização estava bem conseguida e a interpretação vocal de O Pai da Criança acabou por alegrar toda a plateia. A boa energia contaminou depois de terem sido colocados lado a lado o cantor original e a imitação. O júri mostrou agrado pela sua entrega.

Comentário do júri: «Estás a evoluir bem no programa» – António Sala

Pontuação júri: 5 pontos

Pontuação final: 10 pontos

[divide]

Ruth Marlene 

ruth marlene

 

It’s Britney Bitch! Britney Spears entrou no palco de A Tua Cara Não Me É Estranha no corpo de Ruth Marlene, ao som de (You Drive Me) Crazy, um dos hits mais famosos da princesa da pop. Numa atuação inspirada no videoclipe da cantora norte-americana, Ruth Marlene, foi uma das interpretações mais bem conseguidas da cantora.

Comentário do júri: «és uma grande cantora, impressionaste-me. Estiveste muito bem». – Luís Jardim

Pontuação júri: 8 pontos

Pontuação final: 12 pontos

[divide]

Fique agora a conhecer quem imita quem na gala da próxima semana:

Francisco Menezes – Bruce Springsteen

Diana Monteiro – Beyoncé

Inês Santos – The Cure (Robert Smith)

Ruth Marlene – Olavo Bilac

Wanda Stuart – Eurythmes

Ricardo Sá – Usher

João Didelet – Maria José Valério

Nicolau Breyner – Paulo Gonzo

 

[divide]

Até para a semana!

[divide style=”2″]

Análise: André Palma e Fábio Fernandes

Imagem: Anselmo Oliveira e Fernando Leitão

DEIXE O SEU GOSTO E PARTILHE:

Artigos Relacionados