SIC Televisão

«Tempo de Amar» já tem data para estrear nas noites da SIC

Audiências Tempo de Amar SIC

A novela Tempo de Amar é a próxima aposta da SIC para as noites do canal. A trama brasileira estreia ainda este mês e já tem data para tal.


Tempo de Amar é a novela que irá substituir Golpe de Sorte no canal, assim que esta chegar ao fim. A estreia está marcada para dia 15 de fevereiro.

No elenco há nomes como Vitória Strada, Bruno Ferrari, Bruno Cabrerizo, Andreia Horta, Tony Ramos, Marisa Orth, Letícia Sabatella e Regina Duarte.

Leia também: «Esperança» chega ao fim este mês na OPTO
Sinopse

Portugal, 1927. José Augusto Correia Guedes (Tony Ramos) é o homem mais influente e poderoso da região de Morros Verdes, fabricante de vinhos e azeites na Quinta da Carrasqueira. Pai de Maria Vitória (Vitória Strada), ele mantém com a filha uma boa relação. Viúvo, a criou com a ajuda da governanta Delfina (Letícia Sabatella), sua amante há muitos anos. Fruto desse romance proibido, a jovem Tereza (Olívia Torres) acha que José Augusto é seu padrinho. Porém, Delfina será capaz de tudo para fazer com que o amante reconheça a paternidade da filha.

Maria Vitória é cortejada por Fernão Moniz (Jayme Matarazzo), filho de um amigo de seu pai. O rapaz, ambicioso, está certo de que será seu futuro esposo e, consequentemente, o próximo mandachuva da região. Porém, durante as festividades da Semana Santa, os olhares de Maria Vitória se voltam para Inácio (Bruno Cabrerizo), um moço simples e honesto, de origem humilde. Quando os dois se beijam pela primeira vez, ela o convida para sua festa de dezoito anos. Fernão escolhe esta data para pedir a mão da jovem em casamento, mas ela está completamente apaixonada por Inácio.

José Augusto, apesar de fazer gosto do compromisso com Fernão, não obriga a filha a seguir um caminho que ela não deseja. Maria Vitória então nega o pedido de casamento, despertando a ira de Fernão, que, preterido por um camponês, passa a alimentar o desejo de destruir seu concorrente a qualquer custo. Antes de conhecer Maria Vitória, Inácio havia aceitado uma proposta de trabalho no Brasil, em um empório no Rio de Janeiro. Na véspera da partida, o casal se entrega à paixão e promete lutar por um reencontro futuro.

Algum tempo depois da viagem de Inácio, Delfina percebe que Maria Vitória está grávida. Ardilosa, a governanta enxerga a possibilidade de colocar pai contra filha e conseguir que ele reconheça Tereza. Maria Vitória conta ao pai que ele será avô, mas José Augusto, apesar da liberdade que sempre deu à filha, é um homem conservador e não esconde a decepção. A solução é escondê-la da vista de todos, enviando-a para um convento até que ela dê à luz. Quando sua filha nasce, Maria Vitória descobre que a bebê foi entregue para adoção e levada por um casal.

Enquanto isso, no Brasil, ao receber a carta informando que será pai, Inácio decide retornar a Portugal. Porém, antes de partir, ele é vítima de um assalto. Desmaiado, é encontrado por Lucinda (Andreia Horta), filha de um médico. Quando Inácio acorda, descobre que está cego. Lucinda passa então a alimentar a esperança de que Inácio se apaixone por ela, já que ele jamais verá a cicatriz que ela traz no rosto. Mas Inácio, mesmo agradecido por Lucinda ter salvo sua vida, só fala em Maria Vitória. Apaixonada, Lucinda não medirá esforços para impedir esse reencontro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não vai ser publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.