SIC Televisão

Mário Ferreira: «”O Lago dos Tubarões” é importante para equilibrar o excesso de formatos pimba na televisão»

Muito se tem falado sobre a versão portuguesa de Shark Tank. Entre a escolha dos investidores à existência ou não de um apresentador do formato, uma coisa é certa: a aposta da SIC tem dado que falar.

Na edição da Nova Gente desta semana, Mário Ferreira afirma que a sua participação no programa ainda não é garantida: «Sim, fui convidado e estão a ponderar a minha entrada, mas quem tem de anunciar se fui ou não aceite tem de ser a organização… Por mim, estou lá!»

O empresário de sucesso que é dono da marca Douro Azul defende este tipo de formatos para impulsionar o lado empreendedor de cada um de nós. «Os portugueses precisam que se motive o lado empreendedor. A minha participação no programa é um contributo válido à sociedade, aos jovens, ajudá-los a serem pró ativos. Vou com um espírito de missão business angels (investidor particular que investe diretamente), com a ideia de utilizar o meu seed capital (capital semente), pois, muitas vezes, com 50 ou 100 mil euros junto de um jovem com uma excelente ideia, podemos transformá-la num negócio de milhões. Por outro lado, é importante que apareça um programa deste género para equilibrar o excesso de formatos mais pimba que existem na nossa televisão», confessou Mário Ferreira.

Apesar de seguir o formato original, o empresário disse que não acha necessário os comentários tão duros para com os participantes: «Ninguém merece ser maltratado, achincalhado, disso não gosto nada!» Será que Mário Ferreira será um tubarão inofensivo?

DEIXE O SEU GOSTO E PARTILHE:

Artigos Relacionados