SIC Televisão

Cláudia Vieira: «Não houve nenhuma personagem excessivamente marcante na minha carreira»

Foi escolhida para conduzir as galas de Factor X ao lado de João Manzarra. Os seus últimos dias têm servido para se preparar novamente para o desafio da apresentação, algo que surgiu em 2009 aquando do convite para ser o rosto feminino do Ídolos

Apesar de se considerar feliz e realizada profissionalmente, Cláudia Vieira assume que a sua grande oportunidade na representação ainda está para chegar. Afinal, e depois de tantos projetos de ficção a ex namorada de Pedro Teixeira avançou à Nova Gente que nenhum dos papéis que teve até à data foi realmente marcante: «A verdade é que nunca fiquei ligada a nenhuma personagem em particular, da mesma forma que também não houve uma personagem excessivamente marcante na minha carreira de atriz.»

O facto de ter aceite o desafio da apresentação tem-na aproximado do público em geral, algo que uma personagem num projeto de ficção nem sempre consegue. «O público começou a conhecer-me melhor. Passe a ser mais reconhecida e a proximidade cresceu. Isso provoca um conhecimento da pessoa que sou, deixei de ser uma ou outra personagem. Ali, sou a Cláudia», assumiu à revista da Impala.

Por fim, e relativamente à condução do Factor X, Cláudia Vieira diz-se preparada apesar de já não apresentar um programa há algum tempo. «Estou muito satisfeita por ir conduzir este programa, é mais um grande desafio para mim», concluiu.

Artigos Relacionados