Televisão

Opinião: Mais um adeus em «Grey’s Anatomy»

A série dramática do canal ABC acabou de perder mais uma personagem do elenco principal. Mas ao contrário de todas as saídas anteriores, esta teve um sabor amargo e desiludiu bastante. Até agora, Grey’s Anatomy conseguiu dar a volta por cima destes acontecimentos mas duvido que os fãs recuperem o apreço que têm pela série depois do episódio desta semana.

É verdade, os fãs da série disseram adeus a Derek Shepherd neste último episódio. Que o clima dos bastidores estava tenso já toda a gente tinha percebido. Não foi do nada que Derek mal apareceu nesta temporada, com a desculpa de ter arranjado outro emprego. E finalmente se aperceberam que o tinham que trazer de volta, abanar de novo a vida da Meredith. E para quê? Para da forma mais simples o tirarem de vez da história. De todas as mortes que já aconteceram na série esta não teve qualquer momento de suspense que nos pudesse agarrar ao mínimo de esperança de que tudo ia ficar bem. Todos já sabíamos que não ia, mas esta morte foi demasiado óbvia.

[youtube id=”XajAlYdyptQ” width=”620″ height=”360″]

Recordo que a morte do O’Malley também aconteceu por disputas do ator com a equipa de produção. Mas foi uma morte digna de Grey’s Anatomy, em que se esperou até quase ao último segundo para saber a identidade do misterioso homem que tinha arriscado a sua vida ao saltar para a frente de um autocarro para salvar uma desconhecida. Recordo também a morte da Lexie, que apesar de também ser um momento inesperado, ficámos sempre na expectativa que ela sobrevivesse. E que tortura foi ver a sua despedida. E no seguimento do acidente que a vitimou, Sloan acabou também por falecer mas até mesmo com ele a expectativa estava sempre presente. Toda a componente do episódio ajudava a manter a esperança que tudo ia ficar bem.

Com Derek isso não aconteceu. Nem vinte minutos do episódio devem ter passado entre o momento do acidente e o momento em que ele morre. E o que revolta os fãs é que quase todas as mortes do elenco principal ocorreram após acontecimentos marcantes. O contexto das suas mortes sempre as elevou a um patamar acima e foi sempre isso que marcou a diferença em Grey’s Anatomy. A morte de Derek quebrou esta corrente pois foi a morte mais banal que existiu até agora. E se por um lado os produtores quiseram mostrar que nem todas as mortes têm que ser precedidas de momentos marcantes e que no dia-a-dia a morte está sempre à espreita, a verdade é que esta personagem era a que menos merecia um adeus assim. Não era das minhas personagens favoritas e o casal MerDer nunca foi um dos meus preferidos mas até o filho do Jackson e da April teve um adeus mais decente. Derek foi protagonista durante 11 temporadas e em vinte minutos tudo acabou.

derek

É do conhecimento público que a Shonda Rhimes não lida bem com desavenças no set das suas séries e em Grey’s Anatomy é recorrente ela “livrar-se” de personagens quando os atores começam a criar muitos problemas. E os rumores que indicavam que Patrick Dempsey queria sair e que isso teria provocado um mau ambiente eram afinal verdade. O curioso é que foi ela quem escreveu o episódio desta semana e isto só demonstra a sua má vontade para dizer adeus a esta personagem. Os episódios da próxima semana serão os últimos e espera-se que seja feita a devida homenagem a Derek. Mas o momento foi perdido com a escolha deste desfecho e os fãs ficaram de rastos com a falta de preocupação em dar um final melhor a uma das suas personagens mais queridas.

Apesar de o episódio ter conquistado 9 milhões de telespectadores, a verdade é que os fãs estão desiludidos com o desfecho banal desta personagem. E por muitos adeus que a série já tenha dado, manteve sempre o apoio fiel dos fãs, que choraram e viveram esses episódios de forma especial. Mas quando se diz adeus à confiança dos fãs, o que resta para uma série? De que maneira vai Shonda dar a volta a este acontecimento e manter a fasquia da série elevada? Agora só nos resta esperar e ver se é feita a devida homenagem a esta personagem.

Melhor momento do episódio: “Derek? It’s ok. You go. We’ll be fine.” (Chasing Cars a tocar no fundo)

grey's cena

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não vai ser publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.