Geral Televisão

João Reis: «Devia haver um reajuste nas programações das televisões»

João Reis prepara-se para voltar ao ecrã da RTP com dois grande trabalhos. Na segunda temporada de Maternidade, série exibida pela estação pública e cujas gravações já terminaram, bem como, na série história Depois do Adeus, também ela do canal do Estado.

Apesar de o trabalho em televisão continuar a surgir a conta-gotas, facto que não o preocupa, confessa, em entrevista à Notícias TV que as televisões em Portugal deveriam repensar das suas programações. Defende que devia haver uma maior aposta nos produtos históricos e culturais capazes de deixar o povo a pensar.

Devia haver um reajuste relativamente às programações das televisões, no sentido de ter novelas e programas mais mainstream mas ao mesmo tempo séries baseadas em textos históricos ou em pontos de vista que fizessem as pessoas pensar.

Esta mudança, para o ator seria uma mais valia para o conteúdo transmitido em televisão, mas garante, no entanto, que para isso era preciso abdicar de alguns interesses monetários que, hoje em dia, move muitos projetos.

Não podemos pensar só em dinheiro, as televisões têm responsabilidades sociais. Se quiserem, as televisões conseguem manipular as pessoas.Aliás, basta ver, às vezes, o alinhamento dos noticiários para ver que manipulam.

Esta é uma questão polémica que várias discussões e trocas de palavras tem causado, no entanto o ator não tem dúvidas relativamente ao que se passa na televisão portuguesa. Quanto a projetos futuros em televisão afirma não ter certeza de nada devido ao mercado que, nesta altura, não dá certezas a profissionais que não tenham contrato de exclusividade.

DEIXE O SEU GOSTO E PARTILHE:

Artigos Relacionados