Daniel Oliveira fala pela primeira vez sobre o fracasso de «Papel Principal»

Com as gravações de ‘Papel Principal’ a chegar ao fim dentro de poucos dias, o diretor de programas da SIC faz um balanço da novela e revela que a decisão de encurtar os episódios “foi uma decisão natural”.


Tal como já tínhamos adiantado, as gravações de ‘Papel Principal’ vão chegar ao fim neste mês de Dezembro devido às baixas audiências, a trama vai encerrar com 120 episódios de produção.

Em declarações ao Meios & Publicidade, Daniel Oliveira fala pela primeira vez sobre o assunto: “Pensámos que poderia ter perto de 300. Tomámos a decisão de reduzir esse número. Foi uma decisão natural”, assume o diretor de programas da SIC.

Daniel Oliveira revela que as baixas audiências da novela o surpreenderam, mas continua a enaltecer as qualidades do produto: “A qualidade artística está lá, [a telenovela] tem interpretações absolutamente extraordinárias. Temos um ótimo produto. Eu mantenho exatamente a opinião que tinha sobre o projeto”, assume. Mas  o diretor de programas da SIC revela que a decisão de reduzir o número de episódios é válida: “A decisão de o reduzir é tão válida como a de acrescentarmos mais meses às produções”, considera o responsável. “O que sentimos é que a novela chega de forma díspar aos diferentes públicos”, revela.

O diretor de programas explica ainda: “Não tem um comportamento igual num horário de prime time que está altamente fragmentado. As pessoas, hoje, têm múltiplas opções. Os públicos que hoje ficam disponíveis para a TV generalista têm uma especificidade que temos de prever”, justifica o programador. “A novela chega a determinados públicos, mas, noutros, precisamos de outras soluções. Tivemos a humildade de perceber os sinais”.

Daniel Oliveira revela ainda que no streaming é onde a novela tem um desempenho melhor: “Nos públicos mais novos e na Opto, é onde a novela tem o melhor desempenho. É um dos produtos mais vistos na nossa plataforma de streaming”, assegura.

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *