Crime + Investigation assinala Dia Internacional para a Eliminação da Violência

No âmbito do Dia Internacional para a Eliminação da Violência contra as Mulheres, dia 25 de novembro, o canal Crime + Investigation junta-se pelo terceiro ano consecutivo à Associação Portuguesa de Apoio à Vítima (APAV).


Através de três spots, que fazem parte da campanha global “Stop à Violência contra as Mulheres”, o canal Crime + Investigation irá revelar e denunciar tais comportamentos sexistas que acontecem na sociedade atual. Sob o claim “Muda o princípio da história. Tudo começa com uma mensagem”, a campanha mostrará conversas machistas geradas por homens em grupos de conversação por telemóvel, visando alertar e consciencializar os cidadãos para a importância da denúncia de tais situações e apela ainda para não serem cúmplices deste tipo de violência. Os spots terminam com uma mensagem de coragem e motivação para se agir.

A denúncia da violência contra as mulheres começa por não participar em certas situações ou conversas, mesmo que possam ser aparentemente inofensivas. Porque a violência não começa com o primeiro insulto, mas por permitir conversas em que as mulheres são tratadas de forma degradante. Através desta campanha, o canal pretende continuar a dar voz ao seu compromisso de lutar contra a violência contra as mulheres, denunciando casos de sexismo que acontecem hoje em dia em muitos grupos de conversação por telemóvel. O objetivo é alertar a sociedade para não se tornar cúmplice da violência e agir pois, tudo pode começar com uma mensagem aparentemente inofensiva.

A campanha será emitida a partir do dia 18 de novembro até ao dia 10 de dezembro, no Crime + Investigation, mas também nos canais AMC, Blaze, História e Odisseia, e nas redes sociais dos canais e da APAV.



Além de dar visibilidade a este problema tão presente na sociedade, através da campanha, no dia 25 de novembro, às 21h45, o Crime + Investigation assinala também a efeméride com a estreia de O Desaparecimento de Jennifer Dulos, um especial exclusivo sobre a história de Jennifer Dulos, mãe de cinco filhos que desapareceu a 24 de maio de 2019 no meio de um divórcio complicado e de uma batalha pela custódia legal dos seus filhos. O seu marido, Fotis, tornou-se o principal suspeito. Esta é uma história dramática que examina anos de casamento, a subsequente separação e detalhes do medo que Jennifer sentiu durante os últimos anos da sua relação, temendo pela sua vida e pela vida dos seus filhos. O que aconteceu a Jennifer Dulos?

De recordar que, em 2020, a APAV apoiou um total de 8.720 mulheres vítimas de violência. 72,6% dos crimes assinalados pela APAV durante o ano de 2020 disseram respeito a crimes de violência doméstica.


Se é vítima de violência, contacte a Linha de Apoio à Vítima da APAV – 116 006 (chamada gratuita, dias úteis, 8h-22h). Apoio disponível através de Messenger, Instagram e videochamada.

André Kanas

http://www.facebook.com/andrekanas

Diretor e Gestor de conteúdos e redes sociais do QC | Responsável pelas coberturas musicais e televisivas do QC | Integrou o QC em 2013, estando integrado no mundos dos blogues e sites de entretenimento desde 2007.

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado.