Televisão TVI

Baixas audiências de “Big Brother” ditam mudanças em “Duplo Impacto”

Muito se especulou relativamente à nova dupla que Cristina Ferreira anunciou na semana passada no Dia de Cristina. Depois de muito suspense, a apresentadora revelou que Cláudio Ramos se iria juntar a Teresa Guilherme na nova versão do Big Brother – Duplo Impacto.

A produção do reality-show irá, desta feita, juntar alguns dos concorrentes da atual edição com os da apresentada por Cláudio Ramos. Esta novidade prende-se com o facto de o programa não estar a descolar na tabela de audiências. Depois de uma estreia auspiciosa com 15.9% de audiência média e 30.3% de share, no último domingo, por exemplo, o Big Brother não foi além dos 9.3% de audiência e 19.2% de share.

“A Cristina está sob forte pressão porque mudou o apresentador do Big Brother e os resultados não são aqueles que ela pensava que ia conseguir”, avançou uma fonte à revista TV Mais. Por esse movito, “Cristina [Ferreira] teve de voltar atrás porque o Big Brother – A Revolução não faz as audiências de que ela estava à espera. Não foi uma decisão fácil, porque estava muito confiante na sua escolha em relação à Teresa, só que teve de dar o braço a torcer e ir buscar o Cláudio”.

O nome de Manuel Luís Goucha esteve ainda em cima da mesa para fazer dupla com Teresa Guilherme nesta espécie de Desafio Final. “Ela adorava fazer com o Manuel Luís Goucha porque já trabalharam juntos e são amigos”, refere a mesma fonte à publicação da Trust In News. Foi em 1992 que Teresa Guilherme e Manuel Luís Goucha trabalharam lado a lado, no formato Olha Que Dois.

Big Brother – Duplo Impacto tem estreia marcada para janeiro de 2021.


Leia também:

Cláudio Ramos e Teresa Guilherme vão apresentar “Big Brother Duplo Impacto”

Outras Notícias