Rubricas Só Séries

Só Séries: Uma nova oportunidade para «Shadowhunters»

Só Séries

Lançado em 2013 na tentativa de conquistar o êxito e seguidores de Harry Potter no grande ecrã, The Mortal Instruments não conseguiu tal proeza e acabou por ver cancelada a produção dos restantes filmes da franquia literária. Ainda assim e com a vontade de fazer chegar o universo de Cassandra Clare a um novo público a ABC decidiu pegar na história dos livros e adaptá-la para o pequeno ecrã, onde começou a ser emitida no passado mês.

Intitulada agora de Shadowhunters a série segue a trajetória de Clary Fray (Katherine McNamara), uma jovem que descobre ser uma caçadores de sombras e que ao lado de Jace (Dominic Sherwood), Alec (Matthew Daddario) e Isabelle (Emeraude Toubia) tem a responsabilidade de proteger o mundo sobrenatural.

Shadowhunters
©FreeForm

Entre humanos, anjos, demónios, vampiros e toda uma vasta panóplia de seres sobrenaturais, a série tem como fio condutor a luta de Clary na procura incessante pela mãe, sequestrada a mando de Valentim Morgenstern, ex-caçador de sombras e chefe do grupo radical Ciclo. Enquanto isso, Clary vai descobrindo segredos da sua própria vida que lhe foram ocultos e poderes que nem a própria sabia possuir.

A receber críticas mistas, a série tem ainda muito para mostrar e já alguns erros a emendar. Os atores, estreantes, têm ainda que encontrar o tom certo dos personagens e transportar a força e o carisma dos livros para o ecrã. Este tem sido um dos pontos fracos apontados pelos fãs, que consideram fracassada a escolha dos atores.

A nível de roteiro a série mostra personagens com perfis um pouco diferentes daqueles descritos nos livros, com personalidades mais ponderadas e retraídas, o que poderá comprometer de início o desenvolvimento dos mesmos no decorrer da história. Em algumas cenas também os diálogos são sofríveis, também talvez por culpa da pouca experiência dos atores.

Já a qualidade dos efeitos especiais é bastante duvidosa, não convencendo e chegando a beirar o grotesco. Salva-se o figurino que parece ter sido um dos poucos acertos da série.

[youtube id=”Rp5iLE2JvvM” width=”620″ height=”360″]

Com quatro episódios exibidos até ao momento o espaço de manobra para grandes mudanças é já reduzido, por isso resta esperar que os episódios seguintes melhorem e cativem mais o telespectador, impedindo que todo o potencial da saga não seja desperdiçado mais uma vez.

Por cá Shadowhunters é transmitida pelo Netflix com apenas alguns dias de atraso em relação à exibição original.

Pontos Positivos[checklist]

  • Potencial da história
  • Boa caracterização dos atores

[/checklist]

Pontos Negativos[badlist]

  • Efeitos visuais
  • Fracas atuações

[/badlist]

DEIXE O SEU GOSTO E PARTILHE:

Artigos Relacionados