só séries

Esta semana decidi trazer-vos mais uma estreia da Fall Season que faz parte da categoria ficção científica, a que mais aprecio de ver. E contrariamente às minhas (poucas) expectativas, a série revelou por ser um produto bastante bom de entretinimento.

The Tomorrow People é um remake do canal The CW de uma série britânica homónima de 1973. A história centra-se no jovem Stephen Jameson (Robbie Amell) que começa a desenvolver poderes sobre-humanos e a perder o controlo sobre a sua estabilidade mental. Stephen é posteriormente abordado por Cara Coburn (Peyton List) e John Young (Luke Mitchell) que lhe explicam que ele não é nenhuma aberração da natureza mas sim o resultado da evolução genética humana que começou a desenvolver poderes especiais. Esses poderes são conhecidos como os Três T’s – Telepatia, Teletransporte e Telecinésia– e existe um número consideravelmente grande de pessoas com essas capacidades. Contudo, estes são perseguidos por uma organização secreta – Ultra – que os pretende capturar com dois fins: ou utilizar as suas capacidades para benefício da organização ou retirar os poderes daqueles que consideram potencialmente perigosos. Um dos que comanda a organização é Jedikiah Price (Mark Pellegrino) que Stephen acaba por descobrir ser a razão do desaparecimento do seu pai. É que este era não só parte da comunidade como um dos mais fortes, que procurava o sítio mais seguro para a comunidade Tomorrow People habitar, antes de desaparecer.

the tomorrow people

A história não tem aparentemente grandes lacunas mas não é também algo brilhante. Os escritores tiveram contudo a audácia de ir contando aos poucos e de ir sempre introduzindo elementos novos de modo a manter a vivacidade da história. Torna-se interessante verificar o que irá acontecer de seguida.

Em relação ao elenco não tenho nada a destacar. Consegue ser equilibrado e dar prestações convincentes apesar de não haver nenhum brilhantismo a destacar. É em grande parte composto por caras bonitas mas que percebem alguma coisa de como atuar. Alguns inclusive já têm experiência em televisão e isso distingue-os de outros que estão agora a começar.

Onde esta série prima é nos efeitos especiais. O canal The CW aposta fortemente nesta categoria nas suas séries e tem tido muitos bons resultados. Esta série é mais um exemplo de simplicidade e eficácia e não deixa nada a desejar neste aspeto. Acompanhado de uma boa escolha de banda sonora, torna a experiência do espectador muito mais vívida.

Resumindo, The Tomorrow People não é uma série brilhante mas cumpre e excede um pouco as expectativas de quem está só à espera de um drama para adolescentes. Se são fãs do género acho que devem espreitar esta produção e garanto que não vão ficar desiludidos.

DEIXE O SEU GOSTO E PARTILHE:

Artigos Relacionados