A tão aguardada Fall Season começou finalmente e para os mais aficionados das produções televisivas esta é a melhor altura do ano. Basta um cobertor, pois o frio já se começa a sentir um bocado, alguns suplementos e muitas horas de diversão estão garantidas.

Esta semana não tenho nenhuma série em especial para falar e resolvi por isso abordar um pouco de tudo o que tem acontecido no panorama televisivo americano nestes últimos dias.

Começo por destacar da estreia de Revolution (NBC), uma série que parece promissora e que tem uma trama intrigante: o que aconteceria se de repente deixasse de haver eletricidade? Algo que possivelmente já nos passou uma ou outra vez pela cabeça quando falta a luz em casa mas olhamos a rua e vimos sempre uma luz. E então se nunca mais houver eletricidade? É precisamente este o foco da série, passada 15 anos após o corte, mostrando as readaptações que o ser humano teve que fazer e abordando os vários conflitos e organizações criadas pós- corte, ao mesmo tempo que os atores principais procuram desvendar a conspiração por detrás desse acontecimento.

De regresso estão Glee, Bones e How I Met Your Mother, entre outros.

A primeira série é talvez a que mais mudanças teve na sua apresentação. A história divide-se entre Rachel e Kurt que estão em Nova Iorque e o novo Glee Club na escola onde estudaram. Rachel tem pela frente uma professora bastante exigente e que a vai pôr à prova todas as suas forças. O novo grupo musical conta com algumas caras conhecidas mas tem um novo toque dado pelo casal Marley e Jake, que prometem dar muito que falar. Fica contudo aquele sentimento que está a faltar algo, gerado talvez pela ausência de muitas personagens principais das temporadas passadas.

Bones regressou após uma temporada curta e incompleta e resolveu praticamente tudo no seu primeiro episódio. Brennan volta finalmente determinada em provar a sua inocência e retornar para junto dos amigos e de Booth. Contudo, Pelant, que conseguiu com que Brennan fosse acusada de homicídio, não vai facilitar a vida à antropologista e fica a ideia que nem tão cedo dará descanso à heroína. Não obstante, o que poderia ter dado história para alguns episódios foi rapidamente esclarecido criando a dúvida da originalidade e atratividade do conteúdos dos próximos episódios.

Por fim, How I Met Your Mother voltou em grande para mais uma série de aventuras daquele grupo de amigos. Sabe sempre bem rir com as cenas de Marshall e Lily, que têm perante si o desafio de serem pais. Será interessante ver como conseguem vencer essa batalha. Barney e Robin continuam a mostrar sinais de que a sua relação não acabou, apesar de Barney estar noivo e empenhado nisso. Ted é que continua o mesmo romântico incurável que se depara com mais uma dúvida existencial. E eis que quando o episódio está a acabar, surge nada mais nada menos que a tão aguardada personagem feminina com a sombrinha amarela.

Por último, resta-me apenas falar de um final de temporada que se destaca de todos os outros: Weeds. Não foi só o fechar de um capítulo pois para esta produção foi mesmo o fechar de um livro, culminando num total de 8 temporadas com muitas lágrimas, risos, alguma estagnação e muitas mudanças. A história passa alguns anos depois do penúltimo episódio desta temporada e mostra como Silas, Shane e Andy seguiram as suas vidas após deixarem Nancy. Esta encontra-se viúva, rica e a cuidar apenas de Steve, o seu filho mais novo. E todo o enredo deste último episódio gira à volta do Bar Mitzvah de Steve e de como isso é suposto reunir a família. Devo dizer que é um dos episódios mais melancólicos de sempre no cardápio de Weeds mas soube bem recordar muitas personagens antigas e ver como Nancy se tenta encontrar a si própria nos filhos e nos seus negócios. No entanto, não nos dá uma ideia concreta de como Nancy irá reagir perante a ausência de todos os filhos e sem qualquer espécie de negócio. Destaco porém o longo take final que simboliza toda a mística da série: o quinteto maravilha (Nancy, Silas, Shane, Andy e Doug) a partilharem um cigarro com erva e a aproveitarem o momento. Vai deixar saudades…

Outras Notícias