Rubricas Só Séries

Só Séries: Finais de temporada agridoces

Uma vez que estamos num período de inícios e fins de muitas das séries que o público mais gosta, não vos trago nem novidades nem sugestões. Por outro lado, tiro esta semana para tirar as conclusões de tudo aquilo a que tenho assistido esta Fall Season. Não vou falar de tudo exatamente, apenas deixar aqui algumas ideias que gostava de partilhar e de conversar com quem – tal como eu – é fã de séries.

Atenção! Contém spoilers, muitos spoilers

grey's anatomy 9

Como não poderia deixar de ser, Grey’s Anatomy é a grande anfitriã no que toca aos finais de temporada e os espectadores já sabem que alguém acaba sempre por morrer. Tenho que admitir que o episódio foi bastante frenético, apesar de emocionalmente não ter tido tanto impacto como outros finais anteriores. E quando menos se esperava (e digo menos porque não percebi os sinais), eis que há mais um acontecimento bombástico, uma morte estranha. Ou o que parece ser uma morte. Em conversa, já fiquei com dúvidas se de facto Webber sobreviveu ou não ao choque, mas conhecendo a série como conheço, tenho quase a certeza que o antigo chefe não resistiu.

revenge

Revenge foi uma surpresa agradável. A protagonista há muito tempo que andava por um caminho tumultuoso e incerto, fugindo um pouco do motivo que a levou lá. Revenge foi-se tornando numa série cheia de intrigas que não lembravam a ninguém e estava a tornar-se exaustiva. Mas este último episódio foi de facto genial. Primeiro, porque tiraram uma das personagens do elenco principal que não fazia muita falta na história (apesar de a morte de Declan ter finalmente impulsionado o lado bad ass de Jack, personagem sem nenhuma energia). Depois por ter deixado em suspense o destino de outras personagens, nomeadamente o que terá acontecido entre Daniel e Aiden. E por último, por finalmente a protagonista ter admitido a Jack quem é realmente. Para alimentar a intriga na (possível) terceira temporada, o filho que Victoria abandonou regressa. O que será que vai acontecer?

the following

The Following, que foi para mim uma das revelações desta Fall Season, terminou da mesma forma que começou: quando nada faz prever, tudo corre mal para os bons da fita. Fiquei indignadíssima com a morte de Debra pois era no meu entender uma personagem que tinha muito que dar, muito que mostrar (até porque acreditei desde sempre que ela era uma seguidora do Carroll). Mas a maneira como a sua morte foi orquestrada e o resultado emocional que isso teve em Ryan, serviu de impulso para os acontecimentos seguintes. Fica apenas a questão no ar: será que Carroll morreu na explosão?

the vampire diaries

The Vampire Diaries teve mais uma reviravolta na história. Quantas voltas irá dar até que encontre a fórmula certa? Silas vive e, aparentemente, Stefan era uma cópia dele. Bonnie morre de forma corajosa (e um pouco estúpida) para ressuscitar Jeremy. Caroline vai poder ter Tyler de volta (será que ele quererá voltar?) e mais uma vez dispensa Klaus, após este ter romanticamente assistido ao seu pedido de ajuda. Damon fica com a rapariga, mas por quanto tempo? E por fim, Elena, de uma forma inteligente, faz Katherine tomar a cura que a torna humana (como podem fazer isso à personagem mais bad ass desta série?). Já nem sequer consigo imaginar o que irá acontecer na próxima temporada.

how i met your mother_the big bang theory

A minha grande desilusão recai nos finais de How I Met Your Mother e The Big Bang Theory. A primeira, porque não soube dar valor aos anos que os espectadores esperaram para ver quem é a mãe. Foi uma apresentação muito forçada, como se fosse importante mostrar durante os segundos a mãe, acabando com o episódio logo de seguida. Por seu lado, The Big Bang Theory não sabe apresentar um final de temporada revelador. A história é contada até ao último episódio sem que nada muito importante tenha ficado por descobrir. É certo que teremos que saber como sobrevive a relação entre Penny e Leonard (foi este o acontecimento digno de um final de temporada), mas pouco mais restou que possa servir como incentivo à nova temporada.

new girl

 

Entre todos os outros finais que acompanhei, o que mais me agradou foi sem dúvida o final de New Girl. Admiro muito a complexidade da personagem Jess e acho que os escritores conseguem cativar imenso o público com as suas aventuras com o seu grupo de amigos. Todos conseguem manter as suas peculiaridades num tom completamente cómico e ao mesmo tempo transpor emoções mais complexas. O elenco está cada vez mais coeso, mais energético e é agradável de ver que a fórmula simples de New Girl resulta num sucesso tremendo. Gostei bastante do fim porque era esperado que Jess e Nick decidissem finalmente ficar juntos. E que melhor forma de aguçar o apetite para a próxima temporada do que o novo casalinho a ir em busca de uma aventura a dois?

Relembro que estas são apenas algumas das séries que acabaram e que me interessaram bastante. Qual foi na vossa opinião o melhor fim de temporada? Qual foi a série que vos fez chorar? E já agora, com a qual se divertiram mais?

DEIXE O SEU GOSTO E PARTILHE:

Artigos Relacionados