Rubricas Só Séries

Só Séries: «Friends» Vs «How I Met Your Mother»

Friends é uma das melhores séries que foram feitas até hoje, e prova disso foram os dez anos que esteve no ar. Começou a ser emitida no ano de 1994, e protagonizada por atores que eram conhecidos do público, mas não eram considerados estrelas. Estou a falar de uma série que contava com seis atores principais, em que nenhum tinha especial destaque, e este era o sonho de David Crane, o criador de Friends.

Prova disso foi o facto de ter sido o primeiro programa de televisão feito verdadeiramente em conjunto, e sem qualquer destaque sobre nenhuma das personagens, algo prometido aos atores.

Desde o início que sempre negociaram os seus salários em conjunto, foram sempre candidatos às mesmas categorias nos prémios, recusaram sempre fazer capas de revistas com fotos individuais.

A acção decorria em Manhattan, Nova Iorque, mas todas as filmagens foram realizadas em estúdio, e tal como a maioria das séries dos anos 90, era gravada com plateia. O cenário principal era o café Central Perk, onde todas as personagens se reuniam.

De acordo com a TVGuide esta foi a segunda melhor série de sempre, e aquela que mais espectadores viram em todo o Mundo. Ganhou sete Emmy’s, um Globo de Ouro e dezenas de outros prémios. As nomeações ultrapassaram a centena e meia. Choveram críticas quando a série estreou: se por um lado Ann Hodges do Huston Chronicle disse: “o novo Seinfeld, mas nunca será engraçado como o Seinfeld”, o Los Angeles Times defendeu ao dizer que era: “a melhor série de comédia da nova temporada”. Durante dez anos as críticas não pararam de aumentar, e o sucesso da série levou-a aos “100 melhores programas de televisão de todos os tempos”.

Muitos críticos dizem que dez anos foi tempo demais e que os actores ficaram demasiado ligados às personagens, justificando ter sido esse o facto para nenhum deles ter alcançado um grande papel no pequeno ou no grande ecrã depois do final de Friends.

A série surgiu numa altura em que a guerra de audiências estava no seu auge, mas nunca teve de lutar para se manter no topo, pois desde o início que atingiu níveis bastante superiores aos que eram esperados. Uma produção de sucesso que o seja desde o começo não tem de abdicar da sua integridade para conseguir audiências, e por esse motivo Friends foi sempre caraterizada pela qualidade.

Esta nunca foi uma história que visasse qualquer tipo de aprendizagem específica, porém mostrava ao telespectador situações reais, falava de temas que nos anos 90 ainda eram tabu, como a homossexualidade feminina, impotência, prostituição, actores pornográficos…

Noutra perspetiva, How I Met Your Mother é considerada por muitos uma “imitação” de Friends. Surge no ano de 2005, e a trama baseia-se na vida de cinco amigos que vivem em Manhattan, Nova Iorque, mas passam grande parte do seu tempo num bar. A história é no fundo a narração do Ted Mosby do futuro, a personagem principal, a contar aos seus filhos como conheceu a mãe destes. No entanto, no meio do enredo são relatadas todas as suas relações e a vida dos seus melhores amigos.

Um ponto muito interesse é a forma como a série é conduzida, ou seja, Ted como um pai preocupado nunca iria contar aos filhos alguns episódios da sua vida de solteiro, e nestas alturas verifica-se o uso de metáforas que o público percebe, mas que nos impede de esboçar um sorriso a saudar o excelente guião da série. Outro facto muito interessante é a imaginação de Ted, através das quais são retratadas muitas situações claramente impossíveis, em que nunca percebemos se a história é pura invenção ou apenas exagero. Chegamos ao fim de cada episódio, e nunca sabemos o que de realmente aconteceu ou não.

How I Met Your Mother conta já com 5 Emmy’s e dezenas de nomeações.

A comparação mais óbvia prende-se com o factor: um grupo de amigos que vive em Manhattan, Nova Iorque. A ação principal nas duas séries passa-se num bar ou café, e raramente as personagens têm necessidade de trabalhar, apesar de em How I Met Your Mother já existir uma preocupação maior dos guionistas em relação a este aspeto para que tudo seja mais real e credível. Outra semelhança são as relações complicadas que as personagens têm entre elas, no caso de Friends o triângulo amoroso Ross – Rachel – Joey, e em Hom I Met Your Mother Ted – Robin – Barney. Outro exemplo desta realiadade passa por este último triângulo amoroso – as duas personagens masculinas que inicialmente faziam parte da relação, Ted e Ross, interpretam professores universitários que logo no primeiro episódio confessam que estão apaixonados, não são correspondidos, e só na segunda temporada conseguem conquistar a Robin e a Rachel, respetivamente. O terceiro elo – Barney e Joey – dois playboys que vivem as suas vidas de casos de uma noite apaixonam-se por aquela que era a sua melhor amiga.

As duas séries optaram por não ter grandes atores, e quando Friends estreou em 1994 os seus profissionais não eram mais conhecidos do que os de How I Met Your Mother em 2005.

De salientar igualmente as inúmeras participações especiais: se em Friends participaram atores como Brad Pitt, Van Damme, Sean Penn, Bruce Willis, Alec Baldwin, entre outros; em HIMYM podemos ver Mandy Morre, Enrique Iglesias, Alessandra Ambrósio

As diferenças entre as duas séries prendem-se essencialmente com o factor TED. Friends gira em torno de seis personagens principais, e todos eram importantes à sua maneira. How I Mey Yout Mother está totalmente focada em Ted, e o resto das personagens gira à volta dele. O problema neste caso é o ator…não tem capacidade para focar uma série na sua personagem, levando a que grandes atores como Neil Patrick Harris, que interpreta o papel de Barney e Jason Segel, ou Marshall vejam os seus papéis valorizados por serem donos de um grande carisma e sentido de humor. São, para mim, os grandes responsáveis por a série continuar no ar.

Se na primeira a história se desenvolve, e a única certeza que todos os espetadores têm é na relação Ross – Rachel, já em HIMYM a história tem vindo a enrolar, e cada vez se vê o final mais longe, contribuíndo para que aguardemos para ver quem será a futura mulher de Ted Mosby. O elenco de Friends é superior ao de HIMYM, seja em interpretação ou em carisma.

Outra diferença assombrosa é o curriculum que Friends tem nas suas audiências – conseguiu que num dos seus episódios regulares fosse alcançada uma audiência de 52,9 milhões de espetadores -, enquanto que em HIMYM a maior audiência foi de 10,6 milhões quando apareceu Britiney Spears.

Na minha opinião são séries diferentes, mas que tendo em conta a sua proximidade temporal, os realizadores de HIMYM deveriam ter tido mais cuidado e ter distanciado as histórias. Friends é a minha primeira série e a de muitas pessoas que têm a minha idade e, por isso será sempre A SÉRIE, mas HIMYM tem vindo a conquistar o seu espaço e ainda pode fazer muito para crescer. Resta aos seus realizadores tentarem criar agora uma continuidade com o enredo que construíram. Esta acaba por ser uma das poucas comparações que podemos fazer no mundo das séries. São duas épocas completamente distintas, apesar de serem apenas separadas por dez anos, contudo em 1994 não havia o número infinito de produções que temos hoje. Assim, e se Friends não necessitou de lutar tanto para ganhar o seu espaço essa pode ser uma das razões para o sucesso que alcançou a nível mundial. Já How I Met Your Mother todas as semanas tem novas séries a tentar disputar o papel de sitcom do ano.

Por agora, resta-nos esperar e se passados dez anos desta série acabar fizermos uma comparação entre as duas e estiverem equiparadas então vou dar os meus parabéns ao elenco de HIMYM, porque neste momento não me parece que qualquer série que esteja no ar possa fazer concorrência ao “monstro” que ainda hoje são os Friends e o papel que ainda representam no imaginário de algumas gerações.

DEIXE O SEU GOSTO E PARTILHE:

Artigos Relacionados