Em Foco Rubricas

Em Foco: Mais emissões de «Olé» a caminho?

em foco 2

Estreou ontem a iniciativa do terceiro canal que consistia em colocar numa arena um conjunto de famosos a pegar um touro. Acompanhados por grupos de forcados de diferentes zonas, João Moutinho, João Batista, José Castelo Branco, Dina Pedro, Marco Borges e Merche Romero, deram espetáculo no Campo Pequeno. Apesar de as pegas terem sido relativamente curtas, com uma duração de um minuto, a emoção criada à volta dos convidados foi bem conseguida. Aqueles sessenta segundos implicaram vários receios, treinos intensivos e a adaptação a uma realidade que pela maioria de nós não é conhecida.

O programa suscitou várias queixas por associações de animais, protestos, movimentos no Facebook, mas a verdade é que resultou. Olé alcançou 11,5% de audiência média e 28,2% de share, tendo sido o mais visto deste sábado. Quem diria? É verdade que a presença de Lili Caneças foi totalmente desnecessária, que Merche Romero fez uma má figura quando teve de entrar em ação, mas é curioso como os portugueses aderiram tão bem a esta iniciativa.

Olé!

Apesar de a tauromaquia apresentar restrições em algumas localidades, a transmissão de um evento deste género resultou em televisão. Não duvido de que os valores alcançados por Olé levem a SIC a apostar numa nova emissão do formato, com novos famosos e com uma maior promoção.

Não sou a favor de touradas, de matarem os animais no final das corridas ou pegas, mas sem dúvida que esta tradição em Portugal se tornou minimamente interessante para se ver em televisão. Tendo em conta que a TVI ao sábado transmite um apanhado de imagens de Big Brother VIP que a maior parte já viu, este Olé foi uma boa alternativa.

Não entendi o porquê de tantas críticas, tantos protestos, tantos comentários negativos e, no final de contas, o programa ser o mais visto do dia. Vá se lá entender estas coisas!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não vai ser publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.