Boa noite, seja bem-vindo à estreia deste espaço que semanalmente levará até si notícias da televisão brasileira. Sendo uma forte aposta no mercado português e face às parcerias existentes e contratos em vigor, as produções brasileiras têm um forte impacto na programação dos canais portugueses, nomeadamente da RTP1 e da SIC. É tendo isso em conta que analisarei as opções existentes no Brasil e que podem ser ou são uma mais-valia em Portugal.
O destaque desta semana vai para a novela que a SIC exibe nos finais de tarde, Morde & Assopre.

Se no Brasil foi um sucesso de audiências, conseguindo elevar os valores do seu horário às médias audiométricas consideradas aceitáveis (30 pontos), por cá a novela parece levar o mesmo rumo. Enfrentando diariamente a série da TVI, Morangos com Açúcar e o programa da RTP1, Preço Certo, a novela parece já ter agarrado muitos telespectadores que não perdem um episódio. A caminhar a passos largos para o final a tendência tem sido crescente e quando não lidera fica a curta distância do primeiro lugar.

Sendo uma trama leve, com bastante incidência no humor ligeiro mas não brejeiro e balanceada com uma forte componente dramática, a novela de Walcyr Carrasco tem dado muito boas alegrias à SIC, que conseguiu com a sua história estabilizar e elevar um horário crítico e fundamental para o bom desempenho da estação na média diária.
Sempre com garantias de sucesso cada vez que transmite uma novela do autor, veja-se os exemplos de Alma Gémea, Chocolate com Pimenta ou Caras & Bocas, a SIC deveria apostar numa trama com enredos semelhantes às do autor para o horário, dando assim continuidade aos bons valores de audiências.

Ora, se no Brasil Morde & Assopra foi substituída por Aquele Beijo, escrita por Miguel Falabella, autor que por cá não consegue ter sucesso, atente-se nos horários de Negócio da China e A Lua Disse-me, a SIC poderia apostar em Cheias de Charme, uma trama leve, carregada de humor e ideal para o verão. Apesar de bastante folhetinesca e um pouco exagerada, seria por certo uma lufada de ar fresco em termos da ficção em exibição na SIC, o que a poderia fazer destacar-se. Para além de contar com actrizes bem conhecidas do público nacional como protagonistas (Isabelle Drumond, Leandra Leal e Taís Araújo), que darão vida a três empregadas domésticas bem peculiares, a novela irá abordar de forma cómica o mundo do espectáculo e do sonho da fama.

Mesmo sendo difícil a aposta da SIC nesta novela nos próximos tempos, até porque a estação já promove Fina Estampa, seria esta de todas as opções disponíveis a mais acertada para o horário.

DEIXE O SEU GOSTO E PARTILHE:

Artigos Relacionados