Audiência Média Audiências Rubricas

Audiência Média (31): «Bom Dia Portugal» é o noticiário mais visto das manhãs

Seja bem-vindo à trigésima primeira edição da sua Audiência Média. Chegou mais um sábado e com ele a habitual análise dos resultados audiométricos da semana que hoje termina. Hoje os grandes destaques vão para o noticiário da manhã da RTP, Bom Dia Portugal, que é o mais visto dos últimos dias, naquele horário, e ainda o diário da Casa dos Segredos 3 que chegou esta semana, por poucas emissões, à liderança das audiências. Leonor Poeiras voltou assim a levar as notícias diárias dos concorrentes a um primeiro lugar bastante cobiçado.

Tudo isto para ler, a partir de agora, em mais uma Audiência Média!

[divide style=”2″]

Acordar os portugueses com os principais destaques do dia não é uma tarefa fácil, mas Carla Trafaria e João Tomé de Carvalho tem-no feito de forma exemplar e com um rigor de fazer inveja. O bloco informativo vai para o ar às 6h30 da manhã e atualiza as principais notícias do dia até às 10h00, sempre em direto. É vasta a equipa que trabalha nos bastidores para que tudo corra bem e salvaguarda a chegada de notícias de última hora, até porque este é um dos blocos informativos de maior importância.

A surpresa surgiu quando, esta semana, Bom Dia Portugal, superou a barreira dos 2% de rating, ou seja, 200 mil telespetadores. O feito aconteceu no passado dia 15 de novembro e a juntar ao rating de 2% estava uma percentagem de share superior a 24%. No mesmo dia, a concorrência ficou para trás com o Diário da Manhã, da TVI, a conseguir  1% de audiência média e 17% de share, já Cartas da Maya: o Dilema alcançou também 1% de rating e 16% de quota média de mercado. Valor que mostram uma descida do programa apresentado por Maya, no terceiro canal. A informação do primeiro canal parece merecer ainda a confiança do público geral que, na hora da escolha, opta pela RTP, mesmo tendo em conta as fortes dificuldades que esta atravessa.

A RTP sempre habituou os seus espetadores a uma informação de confiança e credível. Apesar dos resultados no Telejornal e no Jornal da Tarde não demonstrarem essa confiança, o primeiro bloco informativo do dia continua firme na liderança do horário e assim promete continuar. Os pivôs, bem como toda a equipa de técnicos e jornalistas, estão de parabéns pela conquista num horário tão instável.

[divide]

A ficção da SIC tem estado na ordem do dia devido à sua liderança nas audiências do horário nobre, no entanto, esse foi um cenário que mudou no decorrer desta semana. As polémicas inerentes ao reality-show da TVI, bem como os choques de personalidade, foram decisivos para uma vitória aclamada nos últimos dias. Leonor Poeiras é a responsável pela condução dos diários em horário nobre que regressaram, no passado dia 13 de novembro, ao primeiro lugar da tabela audiométrica com 17,5% de rating e 35,3% de share.

A novela Dancin’ Days, no mesmo dia, ficou-se pelos 15,8% de rating e 31,5% de share, uma diferença de duzentas mil pessoas que reflete a queda da ficção com marca SIC nos últimos dias, mas que recuperou no final da semana. É preciso recordar que as audiências da Casa dos Segredos dispararam depois da expulsão de Wilson como consequência da agressão a Hélio. Serão estes resultados para se manter? Creio que é difícil, mas não impossível. O suspense gerado no telespetador aquando da promoção de imagens fortes para o diário da noite pode ser uma das respostas para esta repentina subida.

[divide]

Audiência de Ouro

4,4% de rating e 8,8% de share – A Entrevista: Angela Merkel (RTP1)

[divide style=”2″]

Até para a semana!

 

DEIXE O SEU GOSTO E PARTILHE:

Artigos Relacionados