Audiência Média Rubricas

Audiência Média (21): «Você na TV!» continua firme na liderança das manhãs

Boa noite! Estamos prontos para analisar mais uma semana de audiências. A rentrée televisiva está quase a chegar e a pressão das privadas já se faz sentir nas audiências, uma vez que, tentam encontrar diferentes estratégias para assegurar o melhor lugar possível na tabela audiométrica. Hoje centramo-nos nas manhãs e nas noites da televisão portuguesa. Confuso? Você na TV! continua imbatível em audiências derrubando facilmente a concorrência do horário e, na parte da noite, há Decisão Final com José Carlos Malato. Infelizmente o formato não tem o reconhecimento que lhe é devido. Os números são sagrados e é deles que falamos a partir de agora.

Junte-se a nós e acompanhe-nos nesta viagem pelo mundo das audiências nacionais!

[divide style=”2″]

O formato estreou-se na TVI a 13 de setembro de 2004 e deixou, no inicio, muito a desejar com fracas audiências comparadas com a concorrência, que na altura era conduzida por Fátima Lopes com SIC 10 Horas e mais tarde o programa Fátima. O tempo trouxe à TVI a liderança das manhãs que se tem mantido há já largos anos e assim promete continuar. Cristina Ferreira e Manuel Luís Goucha juntam-se todos os dias para três horas de programa que são, para muita gente, o grande alívio tendo em conta os problemas que o país atravessa. As dificuldades que os portugueses ultrapassam neste momento merecem o respeito de todos e, só a rir é que o dia pode parecer mais leve e é esse o objetivo dos apresentadores e de toda a equipa do formato. Algo que tem resultado e os números comprovam as preferências dos portugueses.

A concorrência, nomeadamente da SIC, arrisca mas não perde a esperança de um dia chegar ao primeiro lugar do pódio roubando assim a vitória ao quarto canal. Para já, os responsáveis pelo programa continuam a levar avante estratégias importantes para prender o público, como é o caso de todas as iniciativas solidárias que apresentam e que mudam, muitas vezes, a vida dos telespetadores. Criam-se esperanças e sonhos. Os portugueses são, sem dúvida, soberanos e só eles escolhem quem merece ser o melhor, mas os resultados podem mudar de um dia para o outro.

Na semana que hoje termina, o melhor resultado alcançado pelo talk-show foi registado na passada terça-feira, dia 4 de setembro, quando chegaram aos 4,3% de audiência média e 25,6% de share. No mesmo horário Verão Total que estava em direto de Évora não foi além dos 2,3% de rating e 13,9% de share, já Querida Júlia ficou-se pela terceira posição com 2,1% de audiência média e 13,9%. O pior resultado da semana para o programa da TVI aconteceu na quinta-feira, dia 6 de setembro ao ficar-se pelos 3,6% de rating e 24,7% de quota média de mercado. Conseguiu, mesmo assim, ficar à frente de todos os programas concorrentes. Valorizo, gosto e respeito o trabalho realizado nas manhãs por Júlia Pinheiro e pelo canal público de televisão – ambos apresentam produtos de grande qualidade – no entanto, o formato apresentado por Manuel Luís Goucha e Cristina Ferreira continua, também ele, dentro das minhas preferências. É um programa leve, com espaço para abordar diversos tons e temas da atualidade. Há contacto com o telespetador, algo que motiva o público.

[divide]

Das manhãs, passamos agora para o horário nobre. A luta de audiências entre as duas trama das privadas continua e é Dancin’ Days quem se mantém na primeira posição. No meio desta batalha viva encontra-se o concurso de José Carlos Malato – Decisão Final -que se fica pela sombra dos grandes. Um programa que merece, sem dúvida, mais um pouco da nossa atenção. Todas as noites diversos concorrentes põem à prova a sua cultura geral e podem, desta forma, ganhar grandes quantias de dinheiro. Os resultados não têm sido os esperados, com audiências muito fracas para o horário tendo em conta que, antes de entrar a GFK no método de medição, a estação pública alcançava resultados satisfatórios.

O seu pior resultado foi alcançado na passada segunda-feira, dia 3 de setembro, quando se ficou pelos 3,6% de rating e apenas 7,3% de share. Há mesma hora, Dancin’ Days fazia 16,5% de audiência média e 33,1% de share e Louco Amor, a trama da TVI, alcançou os 15,4% de rating e 31,2% de share. Nessa mesma semana o concurso teve o seu melhor resultado na quinta-feira, dia 6 de setembro, ao chegar aos 4,4% de audiência média e 9,6% de quota média de mercado. Valores que não dão espaço ao formato para brilhar e assim se prevê que continue ao longo dos próximos meses.

[divide]

Audiência de ouro:

12,3% de rating e 31,1% de share – Morangos Com Açúcar IX: Férias de Verão (1 de setembro)

[divide style=”2″]

Até para a semana!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não vai ser publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.