Seja bem-vindo à décima segunda edição da Audiência Média. Hoje, excepcionalmente ao domingo, e sem futebol à mistura, damos-lhe a conhecer o que de melhor e pior aconteceu em audiências na televisão portuguesa. Os destaques vão, inevitavelmente, para as duas estreias da semana. A primeira aconteceu na RTP com o regresso de Verão Total que irá percorrer o país em busca de novas histórias e costumes e a segunda foi a estreia de O Astro, a nova novela do horário nobre da SIC. Para além disso, destacamos ainda a repetição de Tempo de Viver, na TVI, à hora de almoço e que, mesmo assim, continua a fazer resultados satisfatórios para o horário. Há ainda tempo para mostrar as preferências dos mais novos na televisão portuguesa.

Tudo isto e muito mais para conhecer, a partir de agora, em mais uma… Audiência Média!

[divide style=”2″]

A Vedeta 

A novela brasileira é produzida pela Rede Globo e baseou-se na versão original, transmitida entre 1977 e 1978. A SIC acabou agora por comprar a versão recente tendo começado a ser rodada em Portugal na passada segunda-feira. Merece, desta forma, ser distinguida como A Vedeta, nesta análise. Esta trama, no país de origem alcançou um sucesso estrondoso e resultados audiométricos que mostram o seu poder. Em Portugal, nesta primeira semana de transmissão, alcançou uma audiência que chegou mesmo a surpreender conseguindo ficar entre os 5 programas mais vistos do dia. Em média, o enredo registou mais de 1 milhão de telespetadores apesar de nestes últimos dias ter havido uma significativa redução de audiência.

Na sua estreia conseguiu chegar aos 11,3% de audiência média e 25,8% de share ficando na quarta posição da tabela dos mais assistidos daquele dia. A descida foi inevitável e na sexta-feira o mesmo programa registou 9,3% de rating e 23,4% de share. É importante realçar ainda que nos primeiros dias de glória as audiências chegaram a ameaçar a forte concorrência da TVI. Irá o efeito de queda persistir na próxima semana ou terá a TVI mais motivos de preocupação?

Quem Viu?

 

Suspensos ficaram os dois talk-shows habituais da RTP – Praça da Alegria e Portugal no Coração – para dar lugar a Verão Total. Este é um formato que percorre o país de norte a sul para dar a conhecer o que de mais belo existe. Numa altura de crise esta é também uma forma de incentivar ao turismo interno e mostrar pontos de interesse de Portugal. Conta com a apresentação de Sónia Araújo, Tânia Ribas de Oliveira, Serenella Andrade, Joana Teles, Jorge Gabriel, Carlos Alberto Moniz e Francisco Mendes. Com quase três meses de duração promete também marcar presença nas mais badaladas festas e romarias de todo o país. Estreou no passado dia 2 de julho, segunda-feira e as audiências acabaram por não surpreender.

Dividida em duas emissões, a parte da tarde acaba por agarrar mais audiência, mas nada que faça deste um programa vencedor. Desta forma, na passada terça-feira, uma dia depois da estreia, o direto da manhã não foi além dos 1,8% de rating e 13,1% de share, números que aumentaram na parte da tarde para os 2,4% de rating e 14% de share. Estes ficaram muito abaixo dos conseguidos pela concorrência. No mesmo dia, na parte da manhã, Você na TV! fez 3,7% de audiência média e 26,7% de share e, depois de almoço, A Tarde É Sua, apresentado por Fátima Lopes, alcançou a liderança com 3,5% de rating e 20% de share. Irá o investimento da RTP vingar nestes meses de verão?

Programa de TOPO

É há muito conhecida a tendência que a TVI tem para repetir novelas antigas logo após a hora de almoço. No ar está ainda Ilha dos Amores, mas começou já a exibição de uma segunda. Tempo de Viver estreou na TVI em 2006 e sete anos depois volta à grelha do canal para completar as tardes antes do direto de Fátima Lopes com o seu programa diário – A Tarde É Sua. A verdade é que a estação de Queluz de Baixo tem saído favorecida com esta aposta pois os resultados conseguidos estão bem dentro da média do horário. Na passada sexta-feira a novela que tem como protagonistas Margarida Vila-Nova, Alexandra Lencastre e Hugo Tavares, fez 4,8% de audiência média e 25,6% de share.

A concorrência acaba por levar a melhor, mas a aposta é de louvar e acaba por não deixar esquecidas produções de grande sucesso que já prenderam milhões aos ecrãs da TVI, numa altura em que a ficção nacional se afirmava. O quarto canal continua a querer consolidar as tardes, mas estará a conseguir?

[divide]

O que vêem as crianças?

Há ainda tempo para revelar as preferências televisivas dos mais novos no período de 20 de junho a 1 de julho de 2012. Assim, o Euro 2012 foi mesmo a grande escolha das crianças que deram a vitória ao jogo das meias-finais entre Portugal e Espanha que alcançou 36,7% as preferências, em segundo lugar surge o Jornal da Noite, a mostrar que os mais novos também se interessam pelo estado do país e do mundo, com 24,3% de média. Na terceira posição surge, então, o Jornal do Euro com os gostos desportivos a vir ao de cima ao chegarem aos 15,8% do total das preferências e em quarto ficou Rosa Fogo, a novela da SIC que já terminou alcançou uma média de 15,1% e para finalizar, o remake Dancin’ Days que chegou aos 13,7%.

[divide style=”2″]

Até para a semana!

 

DEIXE O SEU GOSTO E PARTILHE:

Artigos Relacionados